25 C
Espigão d\'Oeste,RO
sábado, junho 24, 2017

Arquivos diários: 1 de abril de 2017

Mulher sem CNH é presa após praticar direção perigosa com moto, em RO

Uma mulher de 30 anos foi presa por praticar direção perigosa, na madrugada deste sábado (31), no Bairro Caladinho, Zona Sul de Porto Velho. Segundo boletim de ocorrência, a mulher que não tinha carteira de habilitação ainda tentou fugir ao ver a viatura, mas acabou caindo e machucando os pés.

Conforme registro policial, a prisão ocorreu depois da Polícia Militar (PM) solicitar que a motociclista parasse o veículo, mas ela empreendeu fuga pelas ruas do bairro.

Os policiais seguiram a mulher, que ao perder o controle da moto em uma das curvas caiu e machucou os pés. A polícia solicitou da mulher os documentos obrigatórios e ela informou que não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Diante disso a condutora recebeu voz de prisão pro dirigir inabilitada e por direção perigosa. Logo depois a mulher foi socorrida até a Unidade de Pronto-Atendimento da Zona Sul.

Após ser medicada, ela foi liberada e encaminhada para a Central de Flagrantes. A moto foi recolhida para o pátio do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran-RO).

Lei Seca

As duas pessoas presas embriagadas foram presas durante blitz da Operação Lei Seca, realizada na Avenida Sete de Setembro, Centro da cidade, durante a madrugada de sábado.

O primeiro suspeito, de 46 anos, conduzia a própria motocicleta quando foi abordado pelos policias da Companhia Independente de Trânsito (Cia Tran) da PM. O homem foi convidado a realizar o teste do bafômetro, que apontou 0,53 miligramas de álcool por litro de ar expelido (mg/l). Na sequência ele foi preso e levado para a Central.

As outras três presos pessoas detidas por embriaguez foram abordadas após um acidente. Um motorista de 29 anos, ao ver a blitz Lei Seca deu ré, e acabou batendo em um motociclista de 32 anos que seguia atrás dele.

Os policiais presenciaram o acidente e abordaram os condutores. O motociclista foi convidado a realizar o teste do bafômetro, que deu como resultado 0,78 mg/l. Já o motorista se recusou a fazer o teste, mas como apresentava sinais de embriaguez ficou comprovado que ele estava embriagado. Os dois homens foram presos e levados para a delegacia.

Fonte: G1

Publicidade

Chuvas deixam mais de 100 mortos no sul da Colômbia

Um deslizamento de terra que atingiu casas durante a noite de sexta-feira (31) em Mocoa, no sul da Colômbia, deixou 112 mortos e 120 feridos, de acordo com balanço divulgado pela Reuters neste sábado (2). O presidente Juan Manuel Santos declarou estado de calamidade pública.

As fortes chuvas atingiram a capital do departamento de Putumayo, que fica na fronteira com o Equador e Peru, e também provocaram o transbordamento dos rios Mulato e Sancoyaco. O comandante da polícia local, coronel Omar Bonilla, disse à rádio Caracol que, entre as vítimas, estão homens, mulheres e crianças.

A cidade segue sem água e luz. Apenas com o nascer do dia as autoridades puderam ver a amplitude dos estragos, segundo o site Notícias Caracol.

“Enviamos uma equipe de 150 pessoas para dar uma resposta efetiva e as máquinas começaram a trabalhar imediatamente”, disse Carlos Ivan Marquez, chefe da equipe de resposta a desastres do país. “Estaremos com o governador e com o prefeito dando toda a atenção necessária”.

No Twitter, o presidente colombiano escreveu: “Diante da gravidade da situação em Mocoa, Putumayo, declarei ‘calamidade pública’ para agilizar operações de resgate e ajuda #TodoscomMocoa”.

Fotos divulgadas força aérea mostravam ruas na vizinha cheias de lama e casas danificadas, enquanto vídeos de celulares nas mídias sociais mostravam moradores buscando por sobreviventes. Um vídeo publicado no Twitter mostra como ficou Mocoa após as fortes chuvas.

“É uma área grande”, disse à Caracol o prefeito de Mocoa, José Antonio Castro. “Uma grande parte das muitas casas foi tomada pela avalanche, mas acima de tudo as pessoas foram avisadas com tempo suficiente para sair, mas casas em 17 bairros foram devastadas.”

Fonte: G1

Publicidade

ASSALTANTES SÃO SURPREENDIDOS POR PM E UM ACABA BALEADO

Ao se prepararem para realizar um dos assaltos, acabaram surpreendidos por um Policial Militar à paisana, que passava pelo local. O PM deu voz de parada aos elementos, que atiraram contra o militar.

Houve troca de tiros e um dos suspeitos foi baleado no braço e na perna. Jacks conseguiu fugir do local, mas logo foi localizado em uma residência, nas proximidades.

Policiais acharam, com Jacks, um aparelho celular de uma das vítimas. A arma usada nas ações não foi localizada.

Os elementos foram encaminhados para o sistema prisional.

Fonte: rondonoticias

Publicidade

Motorista bêbado bate e derruba radar da BR-364 em Ji-Paraná, RO

Um homem de 40 anos foi preso embriagado depois de ter batido e derrubado um radar de velocidade na BR-364, neste sábado (1º), em Ji-Paraná (RO), a cerca de 370 quilômetros de Porto Velho. Por causa da colisão, o equipamento foi completamente arrancado do chão.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar recebeu uma denúncia de que um carro teria batido em um radar monitorava a velocidade dos veículos da rodovia, sentido Vilhena.

Segundo a denúncia, o motorista teria fugido do local com o veículo e estava na Rua Capivaria. Os policiais foram ao local, mais de cinco quilômetros de distância do local do acidente, e encontraram o carro estacionado em frente da casa do suspeito, que estava dormindo demtrp do automóvel.

Na ocasião, os policiais acordaram o homem e questionaram sobre o que havia acontecido na rodovia. O homem disse à polícia que não se lembrava de nada e não tinha percebido que o carro estava danificado.

Os policiais realizaram o teste de alcoolemia e foi constatado que ele estava embriagado. O homem então foi encaminhado à 2ª Delegacia de Polícia Civil e recebeu voz de prisão.

Um representante da empresa responsável pela instalação e manutenção do radar compareceu à delegacia e apresentou os equipamentos danificados.

Conforme a PM, o carro do suspeito estava com o teto danificado por causa da batida no radar, assim como a frente do veículo, lateral amassada e dos pneus estourado.

A suspeita é que o carro tenha batido e arrancado equipamento, que caiu em cima do carro e em seguida no canteiro que separa a BR-364 da Avenida Transcontinental. Partes do veículo como retrovisor e latarias ficaram no lugar do acidente.

Fonte: G1

Publicidade

Colisão entre 4 caminhões e um carro interdita BR-364 várias vezes em RO

Um acidente que envolveu quatro caminhões e um carro de passeio interditou várias vezes a BR-364, durante a tarde e noite de sexta-feira (31), próximo de Candeias do Jamari (RO), distante 25 quilômetros de Porto Velho. De acordo com a Policia Rodoviária Federal (PRF), uma pessoa ficou ferida, mas não corre risco de morte.

O tráfego na rodovia foi normalizado somente na madrugada deste sábado (1°). O congestionamento da rodovia federal chegou a 30 quilômetros, segundo a polícia.

A PRF informou que a colisão entre os quatro caminhões ocorreu na tarde de sexta-feira e uma pessoa ficou ferida. Por causa da batida, a via ficou interditada, mas às 16h uma das pistas foi liberada.

Às 20h, os policiais rodoviários tiveram que interditar toda a rodovia novamente para realizar o transbordo de bovinos que estavam em um dos veículos envolvidos no acidente.

A interdição causou um extenso congestionamento. Às 22h a pista foi liberada novamente para seguir o fluxo normal de carros.

Momentos depois a PRF interditou a via novamente para realizar trabalhos com guinchos, por volta das 00h20 deste sábado. Só durante a madrugada que os policiais liberaram totalmente a rodovia.

Fonte: G1
Publicidade

Reintegração de posse retira famílias de área verde da prefeitura em Vilhena, RO

Oficiais de Justiça e a Polícia Militar (PM) retiraram, na última sexta-feira (31), famílias que invadiram uma área verde pertencente à Prefeitura de Vilhena (RO), no Cone Sul. A ação aconteceu após o Poder Judiciário acatar, durante a semana, um pedido de liminar de reintegração de posse expedido pela prefeitura.

As quadras 99 e 100, localizadas no Setor 6, foram invadidas há cerca de 60 dias, segundo o poder executivo. O grupo demarcou o local em vários lotes e sinalizou com placas as famílias que ficariam com cada propriedade. Algumas chegaram a levantar tendas, porém, a maioria, não havia se instalado ainda na área.

Segundo José Moura, que se apresentou ao G1 como líder do movimento, aproximadamente 312 famílias lutam para ficarem com os lotes.

“Não temos condições de continuar pagando aluguel. Mesmo trabalhando, o dinheiro que ganhamos não é suficiente para atender todas as nossas necessidades básicas, como alimentação, transporte e moradia”, explicou.

Os réus têm até 15 dias para contestarem a ação judicial. As famílias declararam que irão lutar pela causa.

Posição da prefeitura

Procurada, a prefeitura de Vilhena informou em nota que a localidade é destinada para área verde, por isso, não pode ser utilizada para habitação particular.

“Aconselho as famílias que ocuparam o local e necessitam de moradia, a fazerem um cadastro na Secretaria de Assistência Social (Semas) para participarem dos programas habitacionais oferecidos no município”, disse o secretario da Secretaria Municipal de Terras (Semter), Daniel Machado.

 Fonte: G1
Publicidade

Jovem morre após colidir moto contra caminhonete na RO-383

Um jovem de 21 anos morreu, na tarde da última sexta-feira (31), ao colidir a moto que pilotava contra uma caminhonete que seguia na pista contrária da RO-383, entre Rolim de Moura (RO) e Santa Luzia do Oeste (RO), ambas na região da Zona da Mata.

Com a batida, a vítima foi arremessada no asfalto e morreu no local. O condutor da caminhonete teve ferimentos leves e foi encaminhado para o hospital, onde recebeu cuidados médicos.

Conforme o boletim de ocorrência, o jovem trafegava com a motocicleta pela rodovia, no sentido Rolim de Moura a Santa Luzia, quando saiu da pista e acabou se chocando contra uma caminhonete que seguia na pista contrária.

Com o impacto da batida o condutor da moto foi lançado à margem da rodovia. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas quando a guarnição chegou ao local já encontrou a vítima morta.

O motorista do veículo, de 59 anos, teve ferimentos e foi encaminhado ao Hospital Municipal, onde recebeu cuidados médicos. Depois foi até a delegacia e prestou esclarecimentos sobre o acidente.

A Polícia Militar esteve no local para o registro da ocorrência e controlou o trânsito na rodovia até a conclusão do trabalho da Perícia Criminal. Em seguida, o corpo foi liberado para a funerária de plantão.

Fonte: G1

Publicidade

Homem é preso com carga ilegal de carvão vegetal na BR-364, em Ariquemes

Um homem de 35 anos foi preso por transportar carvão de forma ilegal em Ariquemes (RO), a 200 quilômetros de Porto Velho. A prisão ocorreu na BR-364, durante uma abordagem de rotina na noite de sexta (31).

Na verificação do veículo, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou a carga de carvão vegetal e solicitou a documentação. No entanto o condutor não apresentou as licenças para o transporte.

O suspeito deve responder por transporte ilegal de carvão, quando alguém leva esse tipo de carga sem exigir a exibição de licença do vendedor e portar uma via dela.

A PRF não informou a quantidade de carvão que foi apreendido. O homem foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Ariquemes para registro da ocorrência. A pena para esse tipo de crime varia de seis meses a um ano de prisão, além de multa.

 Fonte: G1
Publicidade

Rondoniense desiste da vaga na Série D e foca na Copa Verde e estadual

O Rondoniense emitiu na tarde desta sexta-feira, 31, uma carta de desistência da competição do Campeonato Brasileiro Série D. De acordo com o presidente do clube, Antônio Tadeu, a decisão foi tomada após uma reunião com a diretoria e, por motivos financeiros, o clube abriu mão da vaga na competição nacional. Real Ariquemes deverá entrar na competição no lugar do Rondoniense, além do Genus que segue na Série D, mas o clube a assumir a posição só deve ser confirmado pela federação na próxima semana.

Apontando as dificuldades financeiras que o clube vem sofrendo, Antônio Tadeu explica que não apenas o Rondoniense tem encontrado problemas com receitas, mas todo o cenário futebolístico brasileiro tem se posicionado cautelosamente diante da crise econômica.

– Infelizmente chegamos nessa decisão. Para nós abrir mão de uma vaga tão importante é frustrante, mas não poderíamos seguir sem uma estrutura fortalecida. Os nossos patrocinadores nos ajudam, assim como a Confederação Brasileira de Futebol, mas ainda assim, as dificuldades nos levam à reflexão.

O presidente destaca que a desistência da Série D foi uma decisão de precaução, mas a dedicação para o Campeonato Rondoniense e Copa Verde segue no cronograma do clube e garante que as mudanças são para crescimento.

– Estamos mudando, amadurecendo e abrindo mão de algo que não tempos condição de nos dedicarmos completamente, mas isso não significa que fecharemos nossas portas para as outras competições, ao contrário, agora iremos mais focados ainda na conquista do título e em busca da final da Copa Verde.

Antônio Tadeu afirma que para competir na Série D teria que sacrificar o condicionamento físico dos atletas, ou contratar pelo menos mais sete jogadores, o que seria inviável no momento.

O Rondoniense segue na competição estadual na quinta colocação. Na Copa Verde, o Periquito encara a segunda fase das quartas de final na quarta-feira, 5 de abril, no Estádio Aluízio Ferreira.

Fonte: G1

Publicidade
Publicidade
Publicidade