25 C
Espigão d\'Oeste,RO
sábado, junho 24, 2017

Arquivos diários: 18 de abril de 2017

Alunos e professores recebem 230 equipamentos de informática em Pimenta Bueno

Alunos e professores podem levar netbooks para casa
Alunos e professores podem levar netbooks para casa

Os estudantes e professores do 1º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Raimundo Euclides Barbosa, em Pimenta Bueno, ganharam netbook do programa Aluno Digital em solenidade realizada na tarde de segunda-feira (17), na própria escola. “Este equipamento vai facilitar o aprendizado de todos nós, pois é um mecanismo incentivador ao estudo”, disse a estudante do 1º D, Amanda Gonçalves, a primeira a receber o equipamento.

No programa, tanto os alunos quanto os professores são contemplados com o equipamento de informática que já traz na plataforma programas didáticos e acesso livre a internet. “Oportuniza aos alunos a inclusão digital, acelera o ritmo da relação ensino/aprendizado, e, sobretudo, melhora a socialização”, explica o diretor da escola, professor Ronaldo de Paula.

A escola Raimundo Euclides é a 6ª no estado a ter implantado o Aluno Digital e recebeu 230 equipamentos novos. São 1.238 alunos matriculados nos turnos da manhã, tarde e noite nos ensinos fundamental e médio. Deste total 20% reside na zona rural de Pimenta Bueno, como é o caso do aluno Saimon Pereira Santana, do 1º C. “É certo que agora vou ter mais oportunidade de conhecimento e poder compartilhar o equipamento com a minha irmã mais nova”, disse o garoto que mora com a família numa fazenda a 15 quilômetros da escola.

Para o pai de Saimon, Sales Santana, a ação do governo estadual é muito válida. “A realidade dos nossos filhos é bem diferente da minha quando tinha a idade dele. Eles estudam e aprendem mais quando estão conectados. A internet é o mundo deles”, disse o gerente da fazenda onde mora.

“O Aluno Digital coloca os estudantes em situação de igualdade ao conhecimento e à informação, independentemente do poder aquisitivo”, disse o secretário estadual de Educação, Valdo Alves.

Além desse programa, a escola mantém laboratório de informática e esta nova ferramenta vai expandir extra-muro da escola. “A partir de agora, o netbook é do aluno e do professor. Ele leva pra casa, pra escola, pra onde desejar”, falou o governador Confúcio Moura, alertando que no caso de perda ou roubo o equipamento é bloqueado e perde toda a funcionalidade.

Publicidade

Nova sede da Ciretran em Pimenta Bueno garante mais conforto, transparência e agilidade à emissão da carteira de habilitação

Nova ciretran foi entregue durante solenidade na manhã desta terça-feira

Em área própria e em localização privilegiada no centro da cidade, o governador Confúcio Moura inaugurou nessa segunda-feira (17) a sede da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Pimenta Bueno, que faz parte da política de modernização e aparelhamento dos órgãos públicos estaduais, que prevê mais agilidade, segurança, conforto e comodidade aos usuários. A frota do município é de 24 mil veículos emplacados.

O prédio da nova Ciretran ocupa um terreno superior a mil metros quadrados e teve investimentos de R$ 2,2 milhões. “Este é o Detran novo, moderno, que melhora as condições de trabalho dos servidores e fornece mais conforto e agilidade dos serviços aos usuários”, disse o diretor-geral do órgão, José Albuquerque Cavalcante.

“Agora ficou ótimo. Amplo o espaço, agilidade na prestação dos serviços”, disse o usuário Clécio Fernando Demarchi, que foi ao órgão renovar a carteira de habilitação A/E. Ele elogiou a transparência do sistema todo informatizado porque “evita fraude”.

A política de modernização do governo estadual na área de trânsito preconiza o investimento em tecnologias com o objetivo de dar maior agilidade aos serviços. “A emissão da carteira de habilitação é realizada no mesmo dia na capital. No interior, a espera que era de 30 dias foi reduzida para três dias, com o novo modelo de gestão incentivado pelo governador Confúcio Moura”, observou Albuquerque.

Para a servidora Sônia Santos, do setor de captura de imagem, o novo ambiente está muito confortável. “Isso favorece o atendimento, promovendo melhoria cada vez mais”, disse a funcionária que há 12 anos atua no órgão de trânsito.

“Este moderno prédio entregue à sociedade pimentense está bonito e funcional. Mas o que precisamos mais nos órgãos de trânsito é a atuação no salvamento de vidas. Devemos nos esforçar mais nos mecanismos preventivos e protetores, evitando acidentes”, disse o governador Confúcio Moura, cobrando mais eventos organizados pelo Detran, como as blitzes da Lei Seca e outras campanhas educativas por um trânsito melhor.

Publicidade

PEC que torna imprescritível o crime de estupro cumpre primeira sessão de discussão no Plenário

A proposta de emenda à Constituição que torna imprescritível o crime de estupro cumpriu, nesta terça-feira (18) em Plenário, sua primeira sessão de discussão em primeiro turno. O texto (PEC 64/2016) faz o estupro figurar, juntamente com o racismo, como crime “inafiançável e imprescritível”.

A mudança significa que o crime poderá ser punido a qualquer tempo, mesmo depois de vários anos da ocorrência do estupro. Atualmente, o tempo de prescrição varia de acordo com o tempo da pena, que é diferente em cada caso. O tempo de prescrição pode se estender a até 20 anos. Para estupro de menor de idade, porém, a contagem só começa após a vítima fazer 18 anos.

O autor da PEC, senador Jorge Viana (PT-AC), argumentou que esse tipo de crime, muitas vezes, nem chega a ser notificado. Em outros casos, a coragem para que a vítima denuncie o agressor pode levar anos, já que muitas vezes a vítima é responsabilizada pelo estupro sofrido. Para o senador, a imprescritibilidade vai permitir que a vítima reflita, se fortaleça e denuncie, sem que o estuprador acabe impune. Viana registrou que é preciso ter o entendimento de que esse tipo de crime tem características diferentes. Ele informou que 70% dos estupros ocorrem com crianças e adolescentes, em torno da família ou de pessoas conhecidas.

— Com essa proposta, estaremos mandando uma mensagem para todos os criminosos: não façam, pois o crime não vai prescrever — disse Viana.

Cidadania

A relatora do texto, senadora Simone Tebet (PMDB-MS), elogiou a proposta e não apresentou emendas. Para ela, são compreensíveis a angústia e a indecisão das vítimas, muitas delas agredidas dentro do ambiente familiar. A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) destacou que o fato de a PEC ser de iniciativa de um homem é “simbólico” e mostra a sensibilidade do senador Jorge Viana. Ela disse que a proposta é importante na luta contra a violência e a favor da cidadania. A senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) também apoiou a PEC.

— Este projeto é de grande importância para milhares de pessoas, principalmente para mulheres e crianças — afirmou Marta.

A PEC terá de passar por mais quatro sessões de discussão antes de ser votada em primeiro turno. Depois, serão necessárias mais três sessões de discussão, em segundo turno, para que ocorra a votação final. Pelo menos 49 senadores têm de votar a favor para a proposta ser aprovada. Depois da aprovação no Senado, a PEC seguirá para a análise da Câmara dos Deputados.

Publicidade

Recadastramento biométrico será realizado em Espigão do Oeste, RO

A revisão eleitoral com o recadastramento biométrico vem acontecendo em diversas cidades de Rondônia, a previsão é que nos meses de Junho e Julho os eleitores de Espigão do Oeste (RO), passem também pelo processo.

O objetivo segundo o TRE é garantir mais segurança nas eleições, evitando possíveis fraudes. Bastando tão somente que o eleitor use sua digital para votar.

O gerente do Projeto de Biometria do TRE-RO esteve hoje(18), visitando Espigão do Oeste e conhecendo as estruturas que a cidade oferece para que o processo seja feito de forma célere, possibilitando o maior número possível de recadastramento.

O Portal Espigão, entrevistou o senhor Josevan Silva que esclareceu algumas questões, acompanhe no vídeo.

Calendário de revisões eleitorais em Rondônia

Município Período de atendimento – 2017
Cacoal 6 de março a 31 de maio
Parecis

3 de abril a 3 de maio

São Felipe do Oeste

3 de abril a 3 de maio

Ministro Andreazza

3 de abril a 3 de maio

Santa Luzia do Oeste

2 de maio a 1º de junho

Alto Alegre dos Parecis

2 de maio a 1º de junho

Pimenta Bueno

5 de junho a 4 de agosto

Espigão do Oeste

 5 de junho a 4 de agosto                         

Presidente Médici 3 de julho a 2 de agosto

Vilhena

4 de julho a 31 de outubro

Cerejeiras

1º a 31 de agosto

Pimenteiras do Oeste

1º a 31 de agosto

Rolim de Moura

1º de agosto a 31 de outubro

Novo Horizonte do Oeste 

4 de setembro a 4 de outubro

Corumbiara

 4 de setembro a 4 de outubro

Chupinguaia

2 a 31 de outubro

Publicidade

Unidades de saúde abrirão à noite para reduzir fila de espera para exames de diagnóstico por imagem

Exames vão agilizar o fechamento do diagnóstico de várias doenças

O governo de Rondônia vai ofertar 1.276 exames por imagem, todos de alta complexidade. Os procedimentos serão realizados pelo programa Corujão da Saúde, que começou na última segunda-feira (17), a partir das 18h, com abertura simultânea de unidades no período da noite para realização de exames de diagnósticos por imagem. O programa segue até sexta-feira (21) nas cidades de Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena.

Serão realizados tomografia computadorizada, eletroencefalograma, ressonância magnética, infiltração e ultrassonografia – modalidade que visualiza estruturas superficiais, ginecológica e obstétrica, além de procedimentos intervencionistas (punções, biópsias e drenagens).

Segundo o secretário estadual de Saúde Williames Pimentel, o Corujão é uma ação que irá deflagrar a abertura noturna de agendamento para diminuir os exames em fila de espera. A iniciativa envolverá, neste primeiro momento, nove empresas de saúde no estado, onde o governo vai comprar os serviços e oferecer – por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) -, gratuitamente, para os pacientes.

Ainda segundo Pimentel, o objetivo deste programa é dar o diagnóstico do paciente em tempo hábil a fim de possibilitar o início do tratamento e a cura de forma eficaz e eficiente.

DEVER DO PACIENTE

Publicidade

O secretário explicou que o paciente que está com agendamento autorizado e garantido, é importante que em caso de ausência avise com antecedência ou então informe à Unidade Básica de Saúde (UBS) do não comparecimento para que possa ser chamado o próximo da fila de espera. “É importante avisar, pois temos orientação para tudo, menos para a ausência”, relatou.

Ele explicou que o dever do paciente é comparecer na data marcada, cumprindo o horário de agendamento, como também observar o preparo necessário para cada realização.

O índice de falta é recorrente no Estado de Rondônia, como em todo o Brasil. “Por isso queremos sensibilizar a não faltar ao exame marcado. Levar os documentos necessários, que são os documentos pessoais; e o pedido de exame expedido pelo médico”, orientou Pimentel.

Publicidade

Cidadão entra com ação contra o Município de Espigão do Oeste, por falta de sinalização na via

Imagem Ilustrativa: Foto Reprodução Google

O autor da ação alega que no dia 18 de junho de 2014, por volta das 16h, trafegava com sua motocicleta quando ao cruzar a preferencial, veio a colidir frontalmente contra um veículo da marca Chevrolet, que trafegava no sentido da Rua São Carlos para Rua Pavão.

Segundo consta no boletim de ocorrência, a placa de PARE estava caída, sendo que o autor atribui a essa fato, a causa do acidente.

Na época o autor da ação teve a tíbia e fíbula da perna esquerda fraturada, tendo sido socorrido no HPS.

Em sua petição inicial, o autor pede a reparação dos danos materiais e morais, que eventualmente podem ter sido causados pelo Município de Espigão do Oeste.

O autor diz ainda que gastou a quantia de R$ 7.000,00 (sete mil reais), com despesas hospitalares, os documentos comprovando as despesas foram anexados ao processo. Pede também a indenização pelos lucros cessantes ( prejuízos pela interrupção do seu trabalho, uma vez que devido as fraturas ficou meses sem trabalhar).

Assim, o valor estipulado pelo autor para à causa, foi de R$ 15.000,00 ( quinze mil reais).

O caso ainda não foi julgado.

Número Processo – 7001022-39.2015.8.22.0008

Publicidade
Publicidade
Publicidade