Publicidade

Cinco homens foram presos por embriaguez ao volante, na noite do último domingo (19), no Bairro Socialista. Quatro dos condutores foram atuados durante blitz da Operação Lei Seca montada na Rua União, Zona Leste de Porto Velho. O quinto motorista foi detido após colidir contra quatro postes de energia.
Um motociclista de 27 anos, foi um dos abordados na blitz. Os policiais solicitaram a documentação de porte obrigatório, que foi verificada e estava em dia. O piloto foi convidado a realizar o teste do bafômetro, que apontou 1,09 miligramas e álcool por litro de ar expelido (mg/l). Ele foi atuado por dirigir embriagado e levado para a Central de Flagrantes.
Em outra abordagem, um motociclista de 45 anos também foi preso por pilotar uma moto embriagado. O homem foi abordado na blitz, e dele foram solicitados a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o documento da moto, ambos estavam em dia. O condutor foi convidado a realizar o teste do bafômetro, e o resultado foi de 0,73mg/l. O homem foi preso e levado para a Central de Flagrantes juntamente com os outros dois motoristas abordados na blitz.
Ainda na noite de domingo, no mesmo bairro, um homem de 52 anos foi preso após bater o caminhão que dirigia em quatro postes de energia. Ele foi abordado pela Companhia Independente de Trânsito da Polícia Militar e convidado a realizar o teste do bafômetro. O resultado apontou 0,72 miligramas e álcool por litro de ar expelido (mg/l), confirmando que ele estava embriagado. Ele foi detido e levado para a Central de Flagrantes.

Lei Seca
É considerado crime quando o motorista é flagrado conduzindo veículos com índice de álcool no sangue superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue.
A pena de detenção pode variar de seis meses a três anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de obter a habilitação. O Código de Trânsito Brasileiro estabelece multa de R$ 2.934,70, além de sete pontos na carteira. Os condutores também têm a CNH apreendida. Se o motorista tiver cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores, o valor da multa é dobrado.
Fonte: G1

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.