Portal Espigão
Informação a Serviço da População

Comerciante reage a roubo, fica ferido e acaba preso por ser foragido por homicídio em RO

Um homem de 40 anos ficou ferido após reagir a um assalto no próprio bar, na noite da última quarta-feira (29), em Cacoal (RO), a 480 quilômetros de Porto Velho. Conforme o boletim de ocorrência, após entregar joias e dinheiro, a vítima entrou em luta corporal com os dois suspeitos. Os supostos assaltantes foram presos, e o comerciante também, pois contra ele foi descoberto um mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio.

De acordo com o registro policial, a vítima estava no próprio bar, localizado no Centro da cidade, quando foi abordada por dois jovens armados, ambos de 18 anos. Após entrar no estabelecimento comercial, a dupla anunciou o roubo e obrigou o comerciante a entregar duas correntes com pingentes, dois anéis e uma pulseira, todos em ouro.

Os suspeitos roubaram ainda certa quantia em dinheiro e um aparelho celular. Após entregar os objetos, a vítima entrou em luta corporal com os jovens. Durante a ação, um dos rapazes efetuou vários disparos de arma de fogo, mas não atingiram o comerciante.

Uma guarnição da Polícia Militar (PM), que fazia patrulhamento pela região central, ao perceber a movimentação e ao ouvir os disparos de arma de fogo, foi até o local e abordou um dos suspeitos. A arma de fogo usada por ele também foi apreendida.

O outro jovem envolvido no crime foi localizado e preso quando tentava fugir. Durante a abordagem, ele disse que durante a fuga jogou a segunda arma usada no roubo na calçada, porém, não foi localizada.

Com ele, foram encontradas as joias da vítima. A polícia descobriu ainda que motocicleta usada pelos suspeitos havia sido furtada no dia anterior e estava com a placa adulterada.

Em seguida, os suspeitos receberam voz de prisão e foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil, onde foram entregues à Justiça. Durante o registro da ocorrência, foi descoberto que contra a vítima havia um mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio qualificado, expedido em 23 de fevereiro de 2017.

O comerciante, que também ficou preso, havia sido condenado a 12 anos de prisão em regime fechado.

Fonte: G1

Comments
Carregando comentários...