Portal Espigão
Informação a Serviço da População

Dias antes de ser morta, mulher foi à Polícia denunciar amante por estuprar filhas de 5 e 7 anos

0

A juíza Cláudia Vieira Maciel de Sousa, da 1ª Vara Criminal de Rolim de Moura decretou a prisão temporária de Idair dos Reis Maria, principal suspeito de ter matado a ex-amante, Selma Alves e de ter torturado as duas filhas da mulher, duas irmãs de 5 e 7 anos. Desde o domingo policiais tentam encontrar o homem, servidor público do Estado, sem sucesso.

As meninas foram encontradas nuas em uma represa e estavam bastante machucadas e queimadas. A maior, de 7 anos relatou que Idair, a quem chamava de pai, seria o autor dos crimes. Se não bastasse essa grave situação, o RONDONIAGORA apurou que Ivair foi denunciado pela própria ex-companheira de estuprar as duas filhas. A ocorrência 182735/2017 foi registrada na última quinta-feira. Quatro dias depois o corpo da mulher foi encontrado.

O pedido de prisão foi requerido pelo delegado Renato Cesar Morari e prontamente deferido pela juíza, considerando as suspeitas de tentativa de homicídio e de sequestro da mulher.

Buscas

Após uma tarde de buscas em pontos de verificação que pudessem levar ao paradeiro de Idair, as buscas continuam nesta terça-feira (31) com uma mega varredura.

Segundo o delegado Arismar de Araújo, diretor do Departamento de Polícia do Interior, não foi possível detectar se houve violência sexual por parte do acusado contra a mulher, morta por asfixia mecânica. O corpo da vítima passa agora por autopsia para que se esclareçam mais detalhes sobre o caso.

Source Rondônia Agora
Via Rondônia Agora
Comments
Carregando comentários...