Publicidade

Dois homens foram presos na manhã de domingo (26) com arma, alimentos e mantimentos, nove facões artesanais em formato de espadas, um tubo de pólvoras, dois rádios de comunicação, além de uma quantidade de maconha na Linha 204, acesso ao distrito de Rondominas, durante diligências nas áreas de conflito agrário da região de Ouro Preto do Oeste. Conforme a polícia, os dois estavam em uma motocicleta com uma carretinha acoplada transportando os itens apreendidos. Identificados como Ozeias P.O., de 30 anos, e Denivalter B.N., de 41 anos, a dois foram conduzidos para a Delegacia Civil de Ouro Preto do Oeste e flagranteados pelo delegado Julio Cesar de Souza Ferreira por porte ilegal de arma de fogo, tipo revólver calibre 32, marca Taurus, e por posse de entorpecente. Denivalter saiu recentemente do presídio onde cumpriu 10 anos de prisão por tráfico de drogas, e Ozeias Pereira tem passagem por furto e por tráfico.

De acordo com informações do cabo PM Bernardo, comandante da viatura do Grupo de Operações Especiais (GOE) com os soldados Nascimento, Jean Carlos e Coltro, foi dada ordem de parada para a dupla, momento em que Dernivalter jogou a arma no mato à margem da estrada. Na revista, foi encontrado um grande invólucro de substância entorpecente. Na carretinha, foram encontradas várias facas artesanais.

O comandante da patrulha destacou que o GOE está realizando um serviço de transparência para balancear um pouco essa guerra entre sem terras por disputa por locais de invasão, evitando assim que possíveis homicídios venham a ocorrer. Na última semana, a guarnição itinerante do GOE apreendeu na região de Mirante da Serra, do outro lado da BR-364, dois revólveres de posse de líderes de ocupações na Fazenda Boi Oitenta, localizada na Linha 76.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.