Portal Espigão
Informação a Serviço da População

Idaron lança edital para contratação de médicos veterinários para inspeção em alimentos

Ao todo serão ofertadas 15 vagas

Remuneração é de R$ 2.500,00, a contratação será por tempo determinado de 1 ano, podendo ser prorrogado por igual período.

0

A Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) publicará, nesta sexta-feira (1º), edital para contratação de 15 médicos veterinários para atuarem na inspeção de produtos de origem animal. O edital ficará disponível no Diário Oficial do Estado e no site da Agência: http://www.idaron.ro.gov.br/Portal/svConcursos.aspx.

A contratação será por tempo determinado de um ano, podendo ser prorrogado por igual período. A seleção será através de processo seletivo simplificado, com inscrições gratuitas entre 1º e 11 de setembro. Os interessados deverão enviar a documentação exigida no edital para o e-mail processoseletivo@idaron.ro.gov.br.

De acordo com o cronograma do edital, a divulgação do resultado da avaliação de títulos está prevista para o dia 20 de setembro, tendo mais dois para recursos. O resultado final será publicado no dia 27 de setembro. A contratação iniciará ainda este ano.

Haverá vagas para Alta Floresta do Oeste, Ariquemes, Candeias do Jamari, Colorado do Oeste, Guajará-Mirim, Jaci-Paraná, Jaru, Ji-Paraná, Machadinho do Oeste, Nova Dimensão, Presidente Médici, Rolim de Moura, São Francisco do Guaporé e São Miguel do Guaporé. A remuneração será de R$ 2.500,00.

O gerente de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Gipoa), Aurélio Moitinho, explica que hoje a Idaron tem um número de médicos veterinários abaixo do necessário para atender a demanda do Estado. “Esta contratação vai suprir as vagas de forma emergencial até ser realizado um concurso público”.

O presidente da Idaron, conta que a contratação de veterinários vai contribuir para o avanço do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA) no Estado. O SISBI-POA permitirá que o produto seja vendido para outros estados brasileiros, algo que, atualmente, só é possível de produtos com selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF).

Comments
Carregando comentários...