Portal Espigão
Informação a Serviço da População

A idiotice dos idiotas anti-PT

Tenho observado a forma como as diferentes pessoas vêm reagindo às últimas notícias e tenho ficado cada vez mais triste com o que se tem permitido fazer com o nosso país. A cada dia lamento mais o aumento da ousadia dos idiotas e o aumento do volume de suas vozes cada vez mais estridentes a berrar idiotices de quem se acha arauto das mazelas da humanidade só porque é contra o PT e apoia o impeachment.
Chegamos num ponto preocupante e que temo ser sem volta: os que são contra o PT acreditam que são melhores do que os petistas. A onda de revolta contra a reação do José de Abreu (o que dizer do “formador de opinião” Alexandre Frota?) me mostra que vivemos tempos em que contra o petista se pode tudo, mas um petista não pode nada. O que é isso? Quem estaria jantando com alguém da sua estima (sua esposa, filha, mãe, irmã, amiga, etc.), alguém começa a te ofender e você não faz nada? Quantas vezes por uma ofensa à honra da mãe ou da mulher um soco encontro um rosto? A reação dele foi a que seria a reação de muitos “monges” que quiseram dizer que foi “coisa de petista”.
Mas quer dizer, então, que estes afirmam que defendem a democracia que o PT quer destruir, mas desde que nessa democracia ninguém defenda aquilo que eles não aceitem? Isso é ditadura! Daí eu assistir estarrecido que ao lado dos que exaltam a qualidade de certos serviços públicos do período do governo militar, também haja aqueles que louvam os evidentes excessos praticados pelos responsáveis pela repressão ocorrida durante o governo militar. Todo excesso é ruim. Inclusive o de opinião.
Todos nós queremos ser ouvidos e convencer e não queremos admitir que nós não temos condição de ter uma opinião, quanto menos temos condição de formarmos ou conformamos a opinião alheia.
Com seus palanques virtuais à parte de qualquer censura, as pessoas se inflam do alto de seus egos desmedidos tomadas de um acréscimo de uma autoestima cada dia mais injustificada e verborragizam seus preconceitos despudoradamente, num discurso cada vez mais raivoso contra aquele que mais do que seu diferente (aquele que o completaria em sê-lo quem é), faz-se seu rival. Odeia-se. Ri-se. Desmerece-se. Descarta-se. E, enquanto isso, acercam-se daqueles outros tantos idiotas que repetem as mesmas idiotices anti-PT, anti-esquerda, pró-Bolsonaro, pró-Intervenção Militar, sempre ditas sem maiores digressões, no que se legitimam uns aos outros e creem-se corretos em suas próprias incorreções e afundam o futuro do Brasil numa proposta de indiferença, intolerância e incompreensão cada vez mais irreversível.

ps.: mas os pró-PT são piores ainda… rs

Comments
Carregando comentários...