Portal Espigão
Informação a Serviço da População

Motorista se apresenta à polícia e assume ter atropelado jovem em RO

Um homem de 28 anos se apresentou à Polícia Civil, na última segunda-feira (20), e assumiu ter atropelado um pedestre na madrugada de domingo (19), em Ouro Preto do Oeste (RO), a cerca de 340 quilômetros de Porto Velho. À polícia, o motorista afirmou que o acidente não aconteceu em cima da calçada e não parou por medo da reação de populares. Conforme o delegado, ele vai responder por homicídio culposo.

A vítima, um jovem de 25 anos, foi atropelada na Avenida Governador Jorge Teixeira e morreu antes de dar entrada ao hospital. Segundo testemunhas, o motorista teria fugido do local sem prestar socorro.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Júlio Cesar, o homem se apresentou por livre vontade junto com seu advogado. À polícia, ele teria contado que não estava em alta velocidade, e que a vítima estava tentando atravessar a rua quando foi atropelada e não em cima da calçada como testemunhas relataram.

Ainda segundo Cesar, o motorista contou que depois do atropelamento, ele teve medo de parar e ser machucado por populares. Então, fugiu para casa, na zona rural da cidade, onde guardou a caminhonete.

O homem contou que ficou sabendo que a vítima havia morrido na tarde de domingo. Segundo disse em depoimento, um amigo, que estava com ele pouco antes do acidente, ligou para questionar se realmente era ele quem teria atropelado a vítima e informou que o jovem tinha morrido.

De acordo com o delegado, o motorista deve apresentar o veículo que passará por perícia. Para a polícia, ele negou estar embriagado no dia e que não faz uso de droga. Conforme Cesar, o homem vai responder por homicídio culposo.

“Como já não mais estava em situação de flagrante, ele foi ouvido e liberado. O inquérito do homicídio culposo já foi instaurado com os dois agravantes: omissão de socorro e atropelamento em cima da calçada”, afirmou o delegado.

Comments
Carregando comentários...