Pastor é preso por suspeita de abusar sexualmente de enteadas, em RO

Um pastor da cidade Nova Brasilândia D’Oeste (RO), na região da Zona da Mata, foi preso na sexta-feira (20) suspeito de ter abusado sexualmente de duas enteadas, de 7 e 15 anos. De acordo com a Polícia Civil, a prisão preventiva do suspeito foi pedida após a confirmação das vítimas e de testemunhas.

Conforme o delegado Alexandre Baccarini, as duas meninas passaram por exame de conjunção carnal, realizado para comprovar se as vitimas sofreram ou não violência sexual.

“O resultado do exame indicou que a mais velha teve relação sexual há pouco mais de 30 dias. Já a mais nova, ficou comprovado que ela ainda não teve relações sexuais. Segundo as vitimas, a mais nova era ameaçada e obrigada praticar de sexo oral com ele”, revela.

O delegado informou que várias testemunhas confirmaram as denuncias contra o pastor, inclusive suas duas enteadas e a mãe delas.

“Recebemos a denuncia do Conselho Tutelar e demos início as investigações ouvindo as pessoas mais próximas e quase todas confirmaram ou desconfiavam dos abusos praticados. A mãe revelou que desconfiava dos abusos, pois já havia flagrado o companheiro em atitude suspeita”, conta.

Baccarini diz ainda que uma tia das meninas procurou a polícia para denunciar o pastor por ameaça.

“Conforme a mulher, ela desconfiava das atitudes do homem, porém teve medo de denunciar, pois o suspeito o ameaçava dizendo que mexeria com suas filhas pequenas também, caso acontecesse alguma coisa com ele”, fala.

A Polícia Civil investiga ainda se homem fez outras vítimas. “Como ele era pastor e tinha acesso há muitas pessoas, existe a possibilidade de ele ter utilizado do cargo para praticar crimes. Quem souber de algum caso pode nos procurar para denunciar, que vamos investigar e anexar no inquérito contra ele”, comenta o delegado.

Rogério Aderbal
Do G1 RO

You might also like More from author

Comments are closed.