fbpx
Informação a Serviço da População.

Pimenta Bueno, Ouro Preto e Espigão passam a contar com posto da Junta Comercial de Rondônia

Os municípios de Ouro Preto do Oeste, Espigão do Oeste e Pimenta Bueno passam a contar com posto de atendimento da Junta Comercial de Rondônia (Jucer), que em parceria com as prefeituras está facilitando a vida do empresário destas regiões.  Os termos de cooperação foram assinados na quinta-feira (1) pelos prefeitos Vagno Panisoly, Nilton Caetano e Juliana Roque respectivamente, vice-governador Daniel Pereira e presidente da junta Vladimir Oriani.

Com 3.614 empresas em atividade, Pimenta Bueno ocupa hoje o 8º lugar no número de empresas em Rondônia, e o 6º lugar no número de empresas abertas no último ano, 2017.  Foram 273,  em Ouro Preto foram 302 e em Espigão do Oeste ocorreu a abertura de 175 empresas.

O presidente do Conselho de Contabilidade de Pimenta Bueno, Levi da Silva, disse que o poder publico tem de tornar mesmo o ambiente favorável ao comércio e à indústria. “Hoje ser empresário é ser herói. É preciso criar formas de facilitar a vida das empresas”, disse.

Publicidade

Publicidade

Na mesma linha, o presidente da Associação Comercial e Lojistas de Pimenta Bueno Adolfo César Batista disse que iniciativas como as do governo de Rondônia e prefeitura, que firmaram o termo para permitir a instalação da Jucer, contribuem para tornar o ambiente empresarial bom para investimentos. “Quando isso acontece a economia gira, gera trabalho, que por sua vez gera dignidade para o ser humano”, completou.

A meta do governo de Rondônia, segundo o vice-governador Daniel Pereira, é que a Junta Comercial e o Instituto de Identificação cheguem aos 52 municípios, com postos instalados em parceria com as prefeituras. Com os últimos 11 pontos entregues, onde serão realizados procedimentos no sistema EmpresaFácil RO, a Junta Comercial chega a 22 municípios.

A carteira de identidade já é possível requisitar em 45 municípios, e o vice-governador Daniel Pereira acredita quem em noventa dias haverá o serviço em todos os municípios de Rondônia.

O prefeito de Ouro Preto do Oeste, Vagno Panisoly, disse que o posto da Jucer trará comodidade aos empresários, que não precisarão mais se deslocar a Ji Paraná para abrir empresa, e que sua gestão tem dado atenção no sentido de facilitar a vida de quem deseja empreender. “Temos parceria boa com o Sebrae, que está cadastrando muitas microempresas”, disse. Ele  declarou que já iniciou com o governo estadual o processo para se instalar posto para emissão de carteira de identidade em breve.

O presidente da Junta Comercial de Rondônia, Vladimir Oriani, disse que houve grande avanço em Rondônia na direção de facilitar a vida do empresário. “Tenho 40 anos de contabilidade. Sei dos problemas dos empresários. Se perguntarem a eles o que pensam do Estado brasileiro, dizem que é seu inimigo. Em São Paulo são mais de 100 dias para abrir uma empresa. Em Rondônia em até dez minutos se consegue todas as licenças para trabalhar”, disse.

Segundo Oriani, o projeto de expansão da Junta vai continuar, e afirmando ser o vice-governador Daniel Pereira “um homem de atitude, também à semelhança do governador Confúcio Moura com visão municipalista”, esse trabalho será ainda mais fácil.

Centranet
por Secom Governo
da Secom Governo
Veja mais
Comentários
Carregando...