Publicidade

Cinco pessoas foram presas na tarde da última sexta-feira (20) na ‘Operação 12:22’ deflagrada pela Polícia Civil de Ouro Preto do Oeste (RO), a cerca de 330 quilômetros de Porto Velho. De acordo com a polícia, essas pessoas são suspeitas de fazer parte de uma organização criminosa que praticava furto de gado e crimes de estelionato. Os mandados foram cumpridos em Ouro Preto do Oeste, Mirante da Serra (RO), Cianorte (PR) e Cuiabá (MT).

Segundo um dos delegados que coordenou a operação, Júlio Cesar de Souza Ferreira, foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária e de busca e apreensão nas quatro cidades. De acordo com Cesar, a quadrilha agia há muito tempo na região central do estado. Para a polícia, eles tinham preferência em furto de gado e também pela prática de estelionato.

Continua depois da publicidade

Os suspeitos que foram presos já respondiam por sete inquéritos. Entre os crimes que essas pessoas são suspeitas está uma extorsão a uma vereadora do município de Vale do Paraíso (RO). Elas também são suspeitas de terem cometido homicídio e uma tentativa de homicídio, ambos que aconteceram no fim do ano passado.

O suspeito que seria o líder da quadrilha era fugitivo da polícia e foi preso em Cianorte (PR). O delegado ainda explica que houve outras quatro prisões. Além da recuperação de 259 reses bovinas que já havia acontecido anteriormente.

Segundo a polícia, novas prisões e buscas e apreensões devem acontecer nos próximos dias. A polícia pede às vítimas de roubos de veículos, gado, que procurem a Delegacia de Polícia Civil de Ouro Preto do Oeste, para possíveis reconhecimentos de produtos recuperados e procedimento necessários.

‘Operação 12:22’
O nome da operação, de acordo com a Polícia Civil, é em alusão a um versículo bíblico escrito no livro de Provérbios de Salomão, no capítulo 12, versículo 22: “Os lábios mentirosos são abomináveis ao Senhor; mas os que praticam a verdade são o seu deleite”.

De acordo com as investigações da polícia, a mentira era um dos principais artifícios utilizados pela quadrilha para praticar os crimes.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.