fbpx
Informação a Serviço da População.

Rondônia já registrou mais de 100 mil imóveis rurais no Cadastro Ambiental Rural

Na base de dados da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (sedam) consta nesta sexta-feira (15) o registro de 101 mil imóveis rurais no Cadastro Ambiental Rural (CAR). Isso representa 85% da área cadastrável do Estado. A meta é atingir 120 mil na base de dados federal do CAR e, para não perder os benefícios da lei, os produtores rurais que ainda não declararam suas propriedades devem atentar para o prazo final, que termina dia 31 de dezembro.

Neste quadrimestre a estratégia que a Sedam adotou é alertar os produtores rurais com áreas de quatro módulos fiscais, que correspondem a 240 hectares, para procurarem os escritórios da Sedam e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO) para fazer o cadastro dos imóveis.

O secretário-adjunto da Sedam, Francisco de Sales Oliveira dos Santos, disse que o governo estadual continua fazendo o registro gratuitamente aos proprietários considerados agricultor familiar.

Publicidade

Publicidade

Já com relação aos mutirões do CAR, o coordenador estadual de Monitoramento e Regularização Ambiental Rural, Arquimedes Ernesto Longo, adiantou que não serão mais realizados este ano, uma vez que os últimos três que aconteceram em Machadinho, Vale do Anari e Theobroma, não surtiram os efeitos esperados.

Os municípios mais avançados na declaração do CAR são: Alto Alegre Alto Paraíso, Ministro Andreazza e Colorado do Oeste. Já os de baixa adesão ao cadastro estão incluídos Guajará-Mirim, Alvorada, Buritis, Campo Novo, Vale do Anari e Machadinho do Oeste.

Arquimedes lembrou que o prazo do registro no CAR está chegando ao final e só quem vai sair prejudicado com a falta do CAR são os próprios produtores rurais, que perdem os benefícios da lei, como por exemplo: sem o CAR não poderão conseguir financiamentos nos agentes financeiros oficiais; não irão comercializar os animais, e ainda, o produtor que tem um módulo fiscal, que são 60 hectares, inscrito no CAR ele recupera cinco metros de APP (Área de Preservação Permanente) e sem a inscrição no cadastro ele terá que recuperar 30 metros de APP.

Centranet
por Secom Governo de Rondônia
da Secom Governo de Rondônia
Veja mais
Comentários
Carregando...