Portal Espigão
Informação a Serviço da População

Segundo secretário de saúde, crianças vítimas de violência recebem atendimento completo

Pimentel veio a público esclarecer tratamento ofertado as meninas, queimadas pelo padrasto, depois que a tia divulgou nas redes sociais e jornais falta de medicamentos.

0

O secretário estadual de Saúde Williames Pimentel esclareceu na manhã desta sexta-feira (03.11) que as crianças queimadas pelo padrasto, que estão internadas no Hospital Infantil Cosme e Damião, recebem todo o tratamento e medicamentos necessários. O secretário de Saúde veio a público para esclarecer o fato depois que a tia das meninas passou a divulgar em programas jornalísticos e nas redes sociais um pedido de ajuda para compra de cremes especiais para queimaduras e medicamentos que a rede pública de saúde não estaria fornecendo para o tratamento.

Após a divulgação das informações Pimentel esclareceu que as meninas encontram-se na UTI do Hospital Cosme e Damião e recebem todos os cuidados necessários no momento. “O dinheiro que alguém possa doar é para outras despesas da família, mas não é para fins de aquisição de medicamentos e não é referente a cuidado médico hospitalar”, afirmou.

O Secretário informou ainda que o motivo da declaração é esclarecer o trabalho que está sendo realizado no sentido de salvar as crianças, que é o principal objetivo de todos os envolvidos nos cuidados das meninas no Hospital. “Antes de fazer essa declaração eu fiz a checagem com os médicos e com a direção do Hospital. Por isso, estou fazendo essa declaração para que fique claro que os medicamentos necessários ao tratamento estão sendo fornecidos. O caso gerou comoção em todos os departamentos do Hospital.  Direção, médicos, enfermeiros estão envolvidos na recuperação das meninas. O departamento de assistência social do estado está em contato permanente com a família para prestar todo o suporte necessário nesse momento”, concluiu.

Entenda o Caso

As irmãs, com idades entre 5 e 7 anos, foram encontradas nuas, com ferimentos e queimaduras graves pelo corpo no dia 29 de outubro. As crianças estavam próximas de uma represa na Zona Rural de Rolim de Moura (RO), na Zona da Mata. As meninas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas para o Hospital Municipal. Uma das vítimas apontou o padrasto como autor da violência.

A mais velha estava com queimadura de 2º grau em quase todo o corpo, além disso, tinha vários ferimentos e um corte profundo na cabeça. A mais nova também tem queimaduras, só que com menor intensidade, porém, apresentava diversos hematomas e diversos dentes quebrados, provavelmente por socos.

Source O Rondoniense
Via O Rondoniense
Comments
Carregando comentários...