Publicidade

A Polícia Civil concluiu nesta quarta-feira (21) a investigação de um latrocínio registrado no dia 8 de dezembro na zona rural de Buritis (RO), na região do Vale do Jamari. O corpo de um vendedor foi encontrado no lixão da cidade. Três suspeitos do crime foram presos e um menor apreendido.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Fred Matos, o crime de latrocínio contra um vendedor autônomo de roupas, foi esclarecido após a apreensão de um adolescente suspeito de envolvimento em outras infrações. Durante interrogatório, o menor confessou ter participado da morte do vendedor, juntamente com outras três pessoas.

Ainda segundo o delegado, o crime foi motivado porque os suspeitos deviam para a vítima cerca de R$ 400 de roupas compradas anteriormente. Então eles armaram uma emboscada para a vítima. O vendedor foi chamado para receber a dívida e acabou refém de um assalto simulado à residência dos suspeitos com a participação do adolescente de 17 anos.

O vendedor foi levado para a área na zona rural, no lixão do município, e morto a tiros. Em seguida, os suspeitos atearam fogo no carro do vendedor, levaram a mercadoria que o homem revendia e dinheiro.

Os três presos estão na Casa de Detenção de Buritis e o menor apreendido foi levado para o Centro Socioeducativo de Porto Velho.

Entenda o caso
O corpo de um homem de aproximadamente 35 anos foi encontrado no dia 8, dentro do lixão de Buritis (RO), na região do Vale do Jamari. De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava com marcas de tiros e foi identificada. O carro do homem foi achado queimado com placa de Goiânia (GO).

Comentários Facebook
Publicidade Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.