Portal Espigão
Informação a Serviço da População

Trabalhadores ficam ‘presos’ a 12 m de altura após guindaste estragar

Publicidade

Dois trabalhadores que prestavam serviços na parte externa de um prédio ficaram “presos” no cesto de um guindaste, a 12 metros de altura, após um problema mecânico no guindaste hidráulico, em Rolim de Moura (RO), na região da Zona da Mata. O caso ocorreu neste fim de semana de Carnaval e o Corpo de Bombeiros foi acionado para realizar o resgate dos trabalhadores, por meio de uma escada. Ninguém se feriu.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, dois trabalhadores que prestam serviços para uma construtora estavam realizando o serviço de dentro do cesto, na parte externa de um prédio, localizado na Rua Afonso Pena.

Em certo momento do serviço, o guindaste hidráulico apresentou problema e os trabalhadores ficaram presos e suspensos a aproximadamente 12 metros de altura.

Publicidade

Ao perceberem o problema, os homens comunicaram o fato a um funcionário que estava no chão, que, por sua vez, acionou o Corpo de Bombeiros. Ao chegarem no local, os bombeiros ergueram  uma escada longa até alcançar o cesto onde a dupla estava.

No fim, os trabalhados foram resgatados sem ferimentos.  O G1 não conseguiu contato com a construtora, responsável pelo guindaste.

Comments
Carregando comentários...