Publicidade

19° edição da Corrida do Fogo reuniu cerca de mil competidores e trouxe conscientização sobre o trabalho infantil

0
Real Turismo

O evento que acontece há cerca de duas década, e está inserido no calendário regional de Porto Velho, superou as expectativas de público neste ano com cerca de mil inscritos. A 19° edição da Corrida de Fogo aconteceu neste sábado (20), e lotou a sede do comando geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Rondônia (CBMRO), localizada na avenida Campos Sales, onde foi dada a largada para as competições. Segundo responsáveis pelo evento, a corrida do fogo faz alusão ao dia do Bombeiro militar, comemorado no dia 2 de julho. “Esse é um evento voltado a toda a família. Estamos comemorando também os 21 anos do Corpo de bombeiros do estado de Rondônia”, destacou o comandante do CBMRO, coronel Demargli da Costa Farias.

Neste ano, cinco categorias competiram: público geral e militar individual, ambos com trajeto de dez quilômetros; cadeirantes e caminhada, com trajeto de cinco quilômetros; e a categoria infanto-juvenil, com trajetos que variam entre 50 metros e um quilômetro. Antes do início da corrida, competidores e familiares estavam na expectativa da vitória. “É a primeira vez que participo e estou confiante. Trouxe minha mãe pra torcer por mim” disse o bombeiro militar Anderson Serrati.

Para edição, a corrida do fogo teve como diferencial a parceria do Ministério Público do Trabalho (MPT) que trouxe a campanha  #chegadetrabalhoinfantil, que estava estampada na camisa dos participantes. “A corrida do fogo é um dos maiores eventos esportivos do Estado, e com essa parceria conseguimos conscientizar um público grande sobre a importância da luta contra o trabalho infantil”, destacou a procuradora chefe do MPT, Camilla Holanda.

Os três primeiros colocados da categoria público geral, que fizeram o trajeto de dez quilômetros, saindo do comando geral até o aeroporto, são participantes conhecidos pelo público. Essa não foi a primeira vitória de Janaiton França da Cruz, que também ficou em primeiro lugar em 2017. Embora vencedor da 19° edição, disse não ter feito o melhor tempo. “Esse ano corri em 32 minutos, devido ao clima que não colaborou. Nos treinos fiz em menos tempo. Mas  acima de tudo estou feliz com a conquista”, afirmou o vencedor do primeiro lugar.

O cabeleireiro Evandro Saraiva mostrou que tem talento tanto com as mãos quanto com os pés e garantiu o segundo lugar no pódio. “ Já participo há mais de quatro anos da Corrida do Fogo e por várias vezes obtive a primeira classificação, como em 2018, por exemplo. Neste ano, por vacilo, fiquei em segundo, mas continuo no pódio, só não posso sair ”, brincou o participante.

Os valores das premiações em dinheiro variam de R$ 200 a 700 reais. Além dos valores, eles recebem, também, troféus, além de medalhas de participação. “Nenhum competidor fica sem premiação. O evento conta como pontuação para os corredores profissionais. O evento é mais um lazer. Que aproxima o Corpo de Bombeiros e a segurança pública da comunidade, incentivando à prática esportiva”, acrescentou o secretário de Estado de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Coronel José Hélio Pachá.

Os resultados dos participantes serão divulgados na página oficial do Corpo de Bombeiros de Rondônia.

por Secom
da Secom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais