Publicidade

Publicidade

Adolescente vilhenense de 15 anos está em estado grave e perdeu bebê após ser baleada na cabeça em Ji-Paraná

Garota cuja família reside em Vilhena sofreu o atentado em Ji-Paraná

0
Real Turismo

Está internada numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI), desde o dia 03 de maio, a adolescente vilhenense Natielli Silva Reis, de 15 anos (fará 16 no mês que vem). Ela foi baleada na cidade de Ji-Paraná, região central de Rondônia e seu estado atual é considerado gravíssimo.

O FOLHA DO SUL ON LINE conversou com uma familiar da adolescente, que a visitou logo após a tentativa de assassinato.

A entrevistada disse que a estudante havia saído de casa dizendo apenas que iria fazer uma viagem. Conforme a parente da vítima, ela estava grávida e sofreu um aborto espontâneo.

Através de um policial civil, o site foi informado de que, na noite do crime, Natielli havia embarcado num carro de aplicativo a pedido de um motorista que não conhecia.

O homem, então, a levou até o local onde disparou várias vezes contra ela. A garota deveria receber “uma encomenda” e sua mala estava dentro do veículo, mas foi deixada no local onde ela ficou caída.

A vilhenense foi atingida pelos disparos numa das mãos, num braço, no peito e na cabeça.

Este último projétil ficou alojado no crânio da vítima, que chegou a ficar consciente, dando as informações aos policiais que a resgataram.

Após o aborto, ela melhorou um pouco, mas depois perdeu os sentidos e não fala desde então.

“A gente não pode informar em que cidade ela está internada, pois o bandido que quase a matou pode tentar concluir o crime”, explicou  a entrevistada.

por pimentavirtual
da pimentavirtual

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais