Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
19
set
2020

Assaltante que fez família refém morre após trocar tiros com policial à paisana

Na noite de sexta-feira (18), Anderson Campos Correa, 22 anos, vulgo “Pachola”, morreu após participar de um roubo, trocar tiros com um policial à paisana e fazer uma família refém. O caso ocorreu na zona leste de Porto Velho, capital de Rondônia.

Segundo informações policiais, Anderson e seu comparsa, identificado como Francisco Romário Barbosa do Nascimento, teriam tentado realizar um roubo a residência, mas como não conseguiram,  invadiram uma barbearia e assaltaram funcionários e clientes.

Na fuga a dupla trocou tiros com um policial. O suspeito Anderson acabou baleado no abdômen. Mesmo ferido, ele rendeu uma família em um carro e, fazendo refém, exigiu que o motorista saísse do local em alta velocidade.

O bandido teria ainda  apontado a arma para a esposa e o bebê do dono do automóvel que, em desespero, entrou em luta corporal e conseguiu tomar a arma do ladrão.

A Polícia foi chamada e no local socorreu o criminoso baleado, mas ele não resistiu e morreu em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ele já possuía passagem pelo crime de roubo a residência. Francisco que estava foragido do Sistema Prisional.

Fonte: Rondonoticias

Notícias Relacionadas