Aterro sanitário entra na fase de drenagem em Jaru, RO; obra está 70% concluída

Instalação servirá para reter a decomposição dos resíduos, além de evitar o contato com o solo. Prefeitura não informou o prazo para finalização dos trabalhos.

0
Real Turismo

O aterro sanitário da Zona Rural de Jaru (RO), município a cerca de 290 quilômetros da capital Porto Velho, chegou na fase de instalação da geomembrana e drenagem do sono. A obra, que começou em setembro deste ano, está 70% concluída, conforme a prefeitura da cidade.

A instalação da geomembrana e drenagem servirá para reter a decomposição dos resíduos, além de evitar o contato com o solo. Segundo o prefeito João Gonçalves Júnior, o aterro deverá receber 20 toneladas de lixo produzidos por dia na região.

“O aterro sanitário é aguardado há mais de 30 anos. Atualmente Jaru produz aproximadamente 20 toneladas de lixo diariamente e tudo é levado para o lixão a céu aberto, que além de desumano, oferece riscos à saúde dos catadores de materiais recicláveis e moradores”, disse.

O serviço para instalação do aterro sanitário é executado pela prefeitura em parceria com o Ministério Público de Rondônia (MP-RO) e Associação Amigos de Jaru.

O executivo local não divulgou a previsão de conclusão da obra e, até a última atualização desta reportagem, não havia informado o valor licitado na obra.

da G1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais