Publicidade

Publicidade

Publicidade

AUDIÊNCIA PÚBLICA: Câmara Federal vai debater Energisa em RO após ação de Léo Moraes

Para Léo Moraes a presença massiva da comunidade representando todos os setores da sociedade é importante

0
Real Turismo

A Câmara Federal, através da Comissão de Minas e Energia, irá promover uma Audiência Pública em Porto Velho, capital de Rondônia, que irá debater e levar informações ao Congresso Nacional sobre os serviços desempenhados pela Energisa no Estado.

Essa audiência foi uma solicitação do deputado federal Léo Moraes (PODEMOS) e foi aprovada em comissão nesta semana, o congressista se tornou o principal fiscalizador das ações da Energisa em Rondônia, além de encampar os direitos dos contribuintes frentes a visíveis decisões unilaterais da ANEEL.

Para Léo Moraes a presença massiva da comunidade representando todos os setores da sociedade é importante para que Congresso Nacional tenha a noção do tamanho do problema que a população vem enfrentando com serviços e preços que vem deixando o Estado à beira de uma convulsão social.

“É importante que as bancadas Federal e Estadual, assim como as câmaras municipais, setor produtivo, Fecomércio e outras entidades, estejam engajados nessa causa, pois vamos  mostrar a importância da matéria, contamos com as presenças confirmadas do Ministério de Minas e Energia, da Aneel, da Energisa e outras entidades, para debatermos realmente todos os problemas e o que está sendo feito para solucioná-los”, afirmou o deputado Léo Moraes.

Não está confirmada a data definitiva da Audiência Pública, que acontecerá no próximo mês de novembro e será realizada no auditório da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia.

O deputado Léo Moraes segue em Brasília é membro efetivo da Comissão de Minas e Energia da Câmara Federal e presidente da subcomissão que fiscaliza as ações das agências reguladoras no Brasil.

Fonte: Rondoniaovivo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais