O secretário de Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento e Regularização Fundiária (Seagri) Evandro Padovani reuniu-se com o secretário Adjunto Adilson Júlio Pereira, o secretário adjunto da Emater

O secretário de Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento e Regularização Fundiária (Seagri) Evandro Padovani reuniu-se com o secretário Adjunto Adilson Júlio Pereira, o secretário adjunto da Emater, Francisco Mende de Sá e com presidente do Banco do Povo, Manoel Serra, com objetivo de desenvolver linhas créditos para os pequenos produtores rurais e assentados.

O Banco do Povo, segundo Manoel Serra, dispõe de uma linha de crédito especial para o produtor que tenha interesse em financiar a semente de feijão, adubo e todos os insumos necessários com até 6 meses de carência. Esses financiamentos serão enquadrados no Programa de Micro Crédito Produtivo, onde o pequeno produtor rural poderá financiar até 40 quilos de sementes de feijão operacionalizado pelo Banco do Povo.

A Emater, em parceria com associações rurais, cooperativas e sindicatos, organizará os cadastros dos pequenos produtores rurais interessados na linha de crédito específica para o plantio de feijão que normalmente tem início a partir da primeira quinzena de março. O acompanhamento técnico da Emater é fundamental para estimular a produção nos assentamentos e junto aos agricultores familiares.

Para o secretário de Agricultura, Evandro Padovani, essas parcerias são importantes, por que oferecem suporte à agricultura familiar. Esses créditos privilegiam as empresas locais, gerando emprego e renda.