Publicidade

Publicidade

Publicidade

Blog do Frank – Eles estão de volta!

0
Real Turismo

Nesta segunda feira (02/02), o Congresso Nacional voltou do recesso parlamentar para mais uma legislatura, o Brasil precisará dos nobres parlamentares atentos e vigilantes para este ano que, merece ser complicado.

Enquanto estes descansavam, o judiciário e a policia federal trabalharam incansavelmente para que, o país possa criar expectativa de ter uma administração mais transparente e livre de larápios do dinheiro publico.

Dentre as diversas operações de fim de ano, os desdobramentos da Operação Lava Jato foi a que teve mais destaque nos noticiários nacionais, haja vista que essa encarcerou 21 membros da mais alta classe empresarial brasileira.

Atualmente  ainda existem 16 magnatas presos, em uma clara e evidente demonstração de força evidenciada pela justiça personificada no juiz federal Sergio Moro, responsável pelo andamento do processo, o meritíssimo inclusive apareceu na lista tríplice da associação dos juízes federais como indicação para a vaga de Joaquim Barbosa na Suprema Corte Federal.

Diante do bom trabalho da justiça no caso, fica a indagação quanto aos políticos envolvidos nas denuncias, haja vista que foi criada uma CPI mista no Congresso Nacional para a apuração do caso, todavia, a comissão não conseguiu somar nada de novo ao que já vinha sido feito pela Policia Federal.

Dessa forma, em uma visão utópica, o que caberia ao congresso seria apurar e penalizar o chamado núcleo politico envolvido no escândalo petrolífero, pois, no mínimo, as negociatas criminosas seriam quebra de decoro parlamentar e, consequentemente, poderia haver processo de cassação dos políticos  criminosos.

Tal afirmação se mostra exacerbadamente romântica, se observamos que mais da metade do congresso nacional foi reeleita no pleito de 2014, ficando ainda mais complexa acreditar em qualquer sanção quando Renan Calheiros é eleito pela 4ª vez a presidência do Senado, senhor este envolvido em todos recentes escândalos, inclusive o do Petrolão, assim como seus pares reeleitos.

Personagem primordial nesse processo é o líder da oposição senador Aécio Neves, vez que esse vem sendo a voz e o rosto da insatisfação do povo brasileiro, contudo, esse terá que usar de todas suas armas politicas para o feito, vez que o PMDB, maioria no Congresso, está abarrotado de denunciados na operação.

 Destarte, o que nos resta é aguardar que a justiça possa condenar estes e, que num futuro distante, esses possam ser presos e consequentemente atingidos pela Lei da Ficha Limpa o que ocasionará indeferimento de futuras candidaturas.

 Outrossim, poderíamos fazer nossa parte exercendo de forma responsável a cidadania, votando em políticos que tenham uma vida publica reta e livre de investigações, através da democracia podemos demitir esses delinquentes nas urnas!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais