Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
17
jan
2021

Bope prende traficante Fu da Mineira, um dos mais procurados do RJ

Claudinho da Mineira, primo de Fu, e o traficante 2D também foram presos.
Criminosos foram encontrados na manhã desta terça (11) no Chapadão.

O perfil oficial do Batalhão de Operações Especiais (Bope) no Twitter anunciou na manhã desta terça-feira (11) as prisões dos traficantes Ricardo Chaves de Castro Lima, o Fu da Mineira, de Cláudio José de Souza Fontarigo, o Claudinho da Mineira, e Duda 2D, no conjunto de favelas do Chapadão, no Subúrbio do Rio.

Fu era considerado a principal liderança de uma das maiores facções criminosas que atua no Rio de Janeiro e dominava o tráfico no conjunto de favelas do Lins, no Subúrbio. Ele pertencia a uma facção criminosa rival à do traficante Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, morto no sábado (8) durante uma operação no conjunto de favelas da Pedreira, no Subúrbio.

Em maio, o Disque Denúncia havia aumentado a recompensa para quem desse informações que levassem à prisão de Fu e de Claudinho. Atualmente, a recompensa era R$ 10 mil por cada um dos criminosos.

Fu é apontado pela polícia como o responsável por confrontos nos morros da Mineira, do Fallet e da Coroa, no Catumbi e em Santa Teresa, no Centro do Rio, em maio deste ano. Estava foragido desde agosto de 2013, quando recebeu o benefício da progressão de pena para o regime semiaberto.

 029
Aumenta a recompensa por informações sobre
Fu e Claudinho da Mineira
(Foto: Divulgação/ Disque Denúncia)

Claudinho, que é primo de Fu, é acusado de tráfico e homicídio. Ele também fugiu do presídio de Porto Velho, em Rondônia, em agosto de 2013 ao receber o mesmo benefício de progressão de regime.

Por volta das 9h desta terça, a Polícia Militar continuava a operação no Conjunto de Favelas do Chapadão, onde já tinham sido apreendidos fuzis, pistola e farta munição.

Mais de mil sem aulas na região
Na manhã desta terça (11), a Secretaria de Estado de Educação informou que o Colégio Estadual Jornalista Rodolfo Fernandes, na Pavuna, bairro onde fica o Chapadão, suspendeu as atividades. Nesse turno, havia cerca de 400 alunos.

A Secretaria explicou que a direção da unidade escolar tem autonomia para tomar providências no sentido de garantir a integridade física e moral de seus alunos, professores e funcionários. Os conteúdos das aulas perdidas serão repostos.

Já a a Secretaria Municipal de Educação informou que, de acordo com a 6ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), duas escolas e um Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) estão sem atendimento na manhã desta terça-feira (dia 11) em Costa Barros e entorno — também perto do Chapadão. As unidades atendem 874 alunos.

030

Estudantes liberados também em Vicente de Carvalho
Em outro lugar onde acontecia operação policial nesta terça, Vicente de Carvalho, que abriga a Comunidade do Juramento, uma escola e um Espaço de Desenvolvimento Infantil também estão sem atendimento. No total, as unidades atendem 789 alunos. A SME esclarece ainda que o conteúdo perdido será reposto.

Fonte: G1 RO

Notícias Relacionadas