Caçador morre em Candeias de tiro acidental com a própria arma

Real Turismo

Raimundo Nonato Vieira dos Santos, 39 anos, morreu de forma trágica na manhã desta quarta-feira, após um tiro acidental com a espingarda calibre 36 que ele próprio estava usando durante uma caçada no km 11 do ramal da Bacia Leiteira, margem da BR-364, após o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), sentido Candeias do Jamari.

De acordo com informações da Polícia, Raimundo estava caçando com parente e amigos, em um local de difícil acesso, quando em tentou se apoiar na arma que estava com o cano para cima e acabou disparando em seu pescoço. Ele teve morte instantânea.

Os amigos apavorados e assustados saíram para pedir ajuda e conseguiram manter a comunicação com a PRF, que acionou uma equipe de bombeiros. Pelo local ser de difícil acesso o corpo só foi retirado no período da tarde e levado para o posto da PRF.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais