Publicidade

Cacoal é hexacampeã dos Jogos Intermunicipais de Rondônia; competição deve ocorrer novamente em Ji-Paraná em 2017

Real Turismo

Apenas 30 pontos a mais garantiu a Cacoal o título de hexacampeã dos Jogos Intermunicipais de Rondônia (JIR). Porto Velho ficou com o título de vice-campeão totalizando 332 pontos na somatória geral. A cidade-sede dos JIR, Ji-Paraná, ficou com o bronze, pondo fim à expectativa de uma das maiores delegações, a de Ariquemes.

“Em 2017, Ji-Paraná poderá voltar a ser o palco da maior competição esportiva de Rondônia”, disse entusiasmada a secretária de Esportes e Turismo de Ji-Paraná, a judoca Seloi Totti, após avaliação do JIR 2016.

As últimas partidas do JIR ocorreram na modalidade futsal feminino e masculino, na noite desse domingo (11), ambas no Ginásio de Esportes Gerivaldo José de Souza (Gerivaldão). No primeiro jogo, o feminino, o time de Alta Floresta do Oeste venceu a equipe de Porto Velho pela diferença de um pênalti, já que a partida terminou empatada em 2×2.

“Deus capacita a gente nesse momento. Não tem nem um ano que comecei a jogar futsal”, disse emocionada a goleira Rayane Rodrigues, depois de defender o pênalti que deu a vitória a Alta Floresta.

O sexto título consecutivo de Cacoal (2011 a 2016) foi conquistado pelo placar de 5×3 contra a equipe de São Francisco do Guaporé, no futsal masculino. “Cacoal fez o seu melhor. Foi representada em todas as modalidades, quebrou recorde e garantiu pódio em todas elas. Estamos felizes”, declarou o presidente da delegação cacoalense, o diretor-geral da Autarquia Municipal de Esportes de Cacoal (AMEC), Romeu Rodrigues.

O JIR é o maior evento esportivo de Rondônia e tem como objetivo apoiar, incentivar e revelar novos talentos esportivos. A competição é uma realização do governo estadual por meio da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel) em parceria com a prefeitura de Ji-Paraná.

A competição, resgatada pelo governo estadual em 2011 depois de 15 anos inativa, terminou nesse domingo com a participação de 2,4 mil atletas envolvidos em 14 modalidades individuais e coletivas de 24 cidades. “Este ano pudemos observar que a qualidade e nível técnico das competições superaram os anos anteriores”, observa o técnico da Sejucel, Neimário Cunha, instantes antes da cerimônia de encerramento ocorrida no Centro de Convivência dos Atletas no Esporte Clube Vera Cruz.

JIR 2017

A localização estratégica aliada à experiência e logística são os principais fatores determinantes para que Ji-Paraná volte a sediar os Jogos Intermunicipais de Rondônia em 2017. Pelo menos esses são alguns dos argumentos da secretária Seloi Totti ao apresentar Ji-Paraná como candidata a sediar o JIR em 2017. “Estamos prontos para nos tornarmos cidade-sede do JIR no ano que vem”, afirmaTotti.

Sobre o bronze no JIR 2016, a secretária declara que está animada com o resultado. “Gostaríamos de resultados mais ousados, mas estamos satisfeitos e confiantes de que Ji-Paraná fez o melhor no esporte nesse JIR”, ressaltu.

 

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais