Publicidade

Publicidade

Publicidade

Capacitação iniciada deve impulsionar o turismo rondoniense a partir de 2020

0
Real Turismo

A Superintendência Estadual de Turismo (Setur) ingressará em 2020 colhendo os primeiros frutos de seus convênios e programas instituídos em 2019.

A consolidação da primeira fase será a grande alavanca para a continuidade de programas e projetos para o próximo ano, estima o superintendente Gilvan Pereira Júnior.

A Setur aproveita a estrutura de escolas estaduais para ministrar os cursos de capacitação que foram iniciados segunda-feira (4) em Ariquemes, Costa Marques, Ji-Paraná , Nova Mamoré e São Francisco do Guaporé. Em Vilhena, o curso de monitor começará no próximo dia 11.

Qualidade no Atendimento Turístico e Monitor de Turismo tem a duração de 40 horas cada, e o curso de Condutor de Pesca, 60. Ao todo, são 973 vagas.

Em convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), a Setur contempla 22 municípios com três cursos fundamentais para formatar o modelo turístico rondoniense, e com ele, preparar-se para o ecoturismo que também traz visitantes internacionais a Rondônia.

Monitor de turismo começou na terça-feira (5) em Nova União. Condutor de turismo de pesca em Alta Floresta d’Oeste começará na próxima sexta-feira (8); o de qualidade no atendimento em Campo Novo de Rondônia, dia 11 próximo. No dia 18 começa o curso de turismo de pesca em Pimenteiras do Oeste.

“O programa Viaja Mais Servidor estará disponível a partir do dia dois de dezembro”, informa o coordenador de Projetos e Convênios, Willian Souza do Carmo.

 

“Ao acessar o portal, o servidor encontrará a opção para verificar percentuais de descontos em roteiros turísticos na capital e no interior”, ele explica. “Além deles, parentes de primeiro grau – pais, mães, irmãos e filhos – também usufruem desse programa”, acrescenta.

O servidor terá à sua disposição, ofertas de agências e operadoras de turismo, possibilitando o acesso aos meios de hospedagem, atrativos turísticos, empresas de transporte, clubes de lazer, dentre outros.

Pretende-se incentivar a adoção de programas de descontos, taxas especiais e a facilitação de deslocamentos e de hospedagem. Já a iniciativa privada que aderir ao programa deverá obter movimentação econômica extra, fortalecimento e visibilidade.

Os resultados desse programa serão percebidos a partir do primeiro semestre do ano que vem, acredita Willian do Carmo. “Até lá, muitos servidores aproveitarão vantagens, roteiros, e conhecerão melhor os atrativos de Rondônia”, frisa.

Em outubro, os cursos foram realizados nos seguintes municípios: Alto Alegre dos Parecis, Alta Floresta, Alto Paraíso, Ariquemes, Cabixi, Cacaulândia, Cacoal, Espigão d’Oeste, Guajará-Mirim, Nova Mamoré, Nova União, Ouro Preto do Oeste, Pimenta Bueno, Porto Velho e São Miguel do Guaporé.

ABAV 2020

Neste ano, o governo estadual instalou o Centro de Atendimento ao Turista no Porto Velho Shopping. Ali são recebidos visitantes, que dispõem de farta folhetaria mostrando os atrativos turísticos do estado.

No plano nacional, a Setur também avançará em 2020: de 23 a 25 de setembro do próximo ano participará da 48ª ABAV Expo Internacional de Turismo, no Expo Center Norte, na Vila Guilherme, em São Paulo. É a maior vitrine brasileira no setor e, desta vez, tem amplas possibilidades de a Setur levar frutos regionais para degustação em seu estande, e da mesma forma, o peixe tambaqui, que agradou ao paladar de convidados do Governo de Rondônia em Brasília e São Paulo.

GESTOR DE TURISMO

O Ministério do Turismo abriu inscrições para o curso Gestor de Turismo, ministrado na Plataforma de Engajamento e Aprendizagem (PEA).

A formação profissional gratuita e online, promovida pelo MTur desde 2018, foi atualizada e tem como público-alvo maiores de 18 anos, preferencialmente gestores públicos e privados de qualquer atividade relacionada ao setor de turismo.

A formação de 50h é dividida em 35 unidades e abrange os seguintes temas: planejamento; elaboração de projetos; legislação sobre turismo e contratações; programas e ações do MTur. O aluno terá acesso às vídeo-aulas e atividades por meio de qualquer dispositivo com acesso à internet, como smartphone, tablet ou computador.

No ano passado, 9.794 pessoas se inscreveram, entre brasileiros dos 27 estados e estrangeiros de 17 países. São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais foram os maiores emissores nacionais de inscrições. Argentina e Portugal lideraram em número de alunos internacionais inscritos.

As inscrições podem ser feitas até o dia 3 de maio do ano que vem e o prazo para concluir o curso é até o dia 6 de julho de 2020. O próprio aluno emite o certificado de curso profissionalizante pela plataforma do Canal Gestor de Turismo. Clique aqui para se inscrever.

Fonte: Governo de Rondônia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais