Publicidade

Publicidade

Centro de Reabilitação de Rondônia entrega 700 meios auxiliares de locomoção no primeiro semestre deste ano

0
Real Turismo

Qualquer usuário [paciente] do Sistema Único de Saúde (SUS), desde que respeitado os parâmetros definidos pelo Sistema Gerenciamento da Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS (SIGTAP), pode adquirir meios auxiliares de locomoção através do Centro de Reabilitação de Rondônia (Cero).

Somente neste primeiro semestre, o Cero entregou cerca de 700 cadeira de rodas, andadores, bengalas e muletas, entre outros. Para obter esse benefício, o paciente deve ser avaliado por um profissional de saúde habilitado do SUS, em qualquer unidade de saúde, que realizará uma prescrição conforme a condição clínica do usuário.

Após o recebimento do pedido no Cero, e conferencia do mesmo, o procedimento normalmente estará disponível no prazo máximo de 60 dias úteis, para os classificados como de baixo custo, e 120 dias úteis para os de alto custo. Os prazos são devidos ao fluxo de processamento dos pedidos e ao fato da Coordenação de Meios Auxiliares de Locomoção (CMAL) se organizar com base no Sistema Just in Time.

Este sistema, em resumo, adquire exatamente a quantidade certa, no momento certo, e para a pessoa certa. “Por exemplo, se neste mês somente o João realizar o pedido de uma cadeira padrão, neste mês será solicitada a comprada apenas da cadeira solicitada por ele. Portanto, não solicitamos a compra de procedimentos a mais que a quantidade de pedidos protocolados”, explicou Rodrigo Campos, coordenador do Cero.

O coordenador disse ainda que, quando disponível, a CMAL realiza três tentativas de contato para comunicar a disponibilidade dos procedimentos para os pedidos protocolados na Capital e repassa a relação de liberação para as Gerências Regionais de Saúde, que repassa estas informações para a Secretaria Municipal de Saúde local.

“Os pedidos realizados pelos pacientes na Capital e seus distritos podem ser retirado na sede do Cero de segunda a sexta, entre 8h e 12h. Já para os pedidos protocolados no interior do Estado, estes normalmente são encaminhados a cada dois meses para as Gerências de Saúde, que se responsabiliza por repassa-los aos municípios de origem da solicitação. Lembrando que, por questão de segurança, somente o usuário ou seu responsável legal descrito no laudo pode fazer a retirada”, disse Rodrigo Campos.

Os Meios Auxiliares de Locomoção (procedimentos) fornecidos pelo Cero se classificam em: Baixo Custo e de Alto Custo, conforme tabela abaixo:

Para mais informações entre em contato através do telefone 3214-1852 ou do e-mail: [email protected]

por Secom
da Secom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais