Publicidade

Publicidade

Cirone da Tozzo: Justiça determina quebra de sigilo fiscal e bancário do deputado e de suas empresas

Ação de Impugnação de Mandato Eletivo

São autores do pedido de impugnação do mandato de Cirone da Tozzo, os dois suplentes, Jurandir Oliveira Araújo e Edinaldo Gonçalves Cardoso

0
Real Turismo

O juíz eleitoral Clênio Amorim Corrêa, autorizou a quebra do sigilo bancário e fiscal do deputado estadual de Rondônia, Cirone da Tozzo (PODE) e de suas empresas para apurar a acusação de captação e gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral, abuso de poder econômico, corrupção ou fraude.

São autores do pedido de impugnação do mandato de Cirone da Tozzo, seus dois suplentes correligionários, Jurandir
Oliveira Araújo e Edinaldo Gonçalves Cardoso, que apontam suposto favorecimento eleitoral de Cirone através da
utilização de recursos de abuso de poder econômico.

“Logo, no presente caso, a diligência demonstra-se essencial e imprescindível, porquanto inexistem outros meios
igualmente eficazes e menos gravosos que possam alcançar os mesmos resultados pretendidos, uma vez que a
produção de um acervo probatório robusto e eficiente depende da quebra de sigilo”, afirmou o juiz Clênio Amorim em
sua decisão.

Com a decisão judicial, o parlamentar rondoniense e sua empresa terá sua vida fiscal e financeira revirada na busca de
provas que corroborem para as denuncias imputadas que podem retirar o mandato de Cirone Deiró.

Viajando

A reportagem buscou contato com o deputado através de seu gabinete parlamentar, porém ele está viajando. A assessoria de Cirone se afirmou que enviaria um esclarecimento relacionado a esses fatos, porém não foi recebido até a
publicação desse material.

por Rondônia Ao vivo
da Rondônia Ao Vivo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais