Publicidade

Publicidade

Cratera na BR-364 em Cacoal, RO, segue aberta após quase três meses

Real Turismo

O serviço de recuperação da BR-364, onde há quase três meses se abriu uma cratera, ainda não foi concluído. O local fica a cerca de quatro quilômetros de Cacoal (RO). De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a demora é causada pela burocracia. O órgão afirma que a licitação deve ser feita na próxima semana e o início da obra em, no máximo, duas semanas.

No dia 23 de março, após cerca de seis horas de chuva, uma galeria que passava abaixo do trecho desmoronou, abrindo uma enorme cratera. O buraco foi preenchido com terra, até que o recurso para reconstrução da galeria seja liberado. Os trabalhos paliativos de recuperação do trecho foram concluídos, mas como as chuvas continuaram, parte da obra paliativa cedeu e a BR-364 voltou a funcionar em meia pista.

Há mais de 80 dias, motoristas de carretas, carros e motos se revezam na passagem pelo trecho. A vendedora Aline de Souza mora no distrito do Riozinho e passa todos os dias pelo local e afirma que teme pela sua segurança. “Acho um perigo, pois trabalho em Cacoal e preciso passar por aqui, não há outra alternativa. Mas fico apreensiva porque vou de moto e o tráfego de carretas é muito intenso”, afirma.

Dione Alcântara é caminhoneiro e reclama da falta de fiscalização. “É um trecho muito perigoso deveria ter alguém do Dnit no local para controlar o trafego. Acho que seria mais seguro, porque do jeito que está não sabemos quem tem a preferencia para passar”, reclama o motorista.

Fonte: G1

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais