Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
18
nov
2020

Darci Kischener nem é lembrado na entrega da Usina do Calcário

Do Jornalismo da Rádio Sociedade Espigão: Vale citar que foi muito estranho tantas autoridades que não tiveram tanta ligação com a usina terem sido citadas, uma parte inclusive já falecida e, o ex-presidente da CMR (Companhia de Mineração de Rondônia) Darci Kischener, não ter sido lembrado.

Foi entregue nesta manhã de sábado (31/05), a Usina de Calcário de Pimenta Bueno, onde foram investidos cerca de R$ 21 mi, segundo o governo do estado, que empregou R$ 11 mi, do montante.  Muitas autoridades presentes, discursos inflamados e muitas oportunidades para falar de seus trabalhos. Apesar do calor, da distância e até da poeira, muitas autoridades estiveram presentes.

O que chamou a nossa atenção foi a quantidade de “alôs”. Muitos dos que tiveram a oportunidade da palavra,  aproveitaram, os discursos, para ‘mandar o famosinho “alô” e divulgar a participação de muita gente no desenvolvimento da Usina. Gente inclusive, que teria ido ao local somente para conhecer, teria sido citada, mas que não teria participação direta no desenvolvimento da modesta estrutura instalada no final da década dos anos 1980, quando o vereador Darci Kischener teria assumido o desafio que fazê-la funcionar. Ele nem foi lembrado e, não foi citado por nenhum dos políticos que subiram ao ‘elevado’ construído para a realização do cerimonial.

Foram lembrados os vereadores de Urupá, Teixeirópolis, Nova União, Ouro Preto do Oeste, Pimenta Bueno, Cerejeiras, São Miguel do Guaporé, Colorado do Oeste e até Buritis. Todos tendo seus nomes citados pelo mestre de cerimônias da equipe do governador Confúcio Moura. De Espigão foram lembrados e citados, o presidente Eliotério Valério, Cocó, Genésio e Décio. Só não lembraram do ex-presidente da CMR Darci Kischener que agonizava em cólicas na platéia. Darci nem alô recebeu. Nem mesmo o prefeito Célio Renato lembrou do ‘guerreiro’ quando recebeu a oportunidade da palavra. Logo Darci que tanto o defende e até porta algumas mensagens vez ou outra. Nem mesmo o ‘aguerrido Darci’ que alavancou a mineração no final da década dos anos 1980, teria sido lembrado pelo aliado e chefe do poder executivo, a autoridade máxima o teria deixado  real e literal “ha ver navios”. Foi de dar dó.

Um almoço foi servido após o governador andar um pouco pelas instalações da Usina. Darci não foi visto por nossa reportagem para comentar como estaria se sentindo, mas foi possível apurar que, ele estava bem.

Um caminhão da DER/RO acabou rodando na estrada do Calcário proximo da Usina. O caminhão , uma prancha, estava carregado com uma motoniveladora. Ninguém se feriu. O trânsito ficou interrompido por cerca de 2 horas, segundo informações do DECOM.

Notícias Relacionadas