Publicidade

Publicidade

Publicidade

Decreto do governo autoriza adoção de medidas para cumprir limite de teto dos gastos em RO

Decreto foi publicado em edição suplementar no Diário Oficial. Sefin e Sepog podem adotar qualquer medida para não ultrapassar teto de gastos

0
Real Turismo

O governo de Rondônia decretou, através de edição suplementar, a adoção de medidas para que o estado não ultrapasse o limite de teto dos gastos estabelecidos em 2019. Assinado pelo governador Marcos Rocha (PSL), o decreto publicado no Diário Oficial (Diof) está em vigor desde 6 de novembro.

Sob o n° 24.422, o decreto permite que a Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog) e Secretaria de Estado de Finanças (Sefin) adotem quaisquer medidas necessárias para dar cumprimento do “mecanismo de controle do Teto dos Gastos Públicos, para o exercício financeiro de 2019”.

Segundo o poder executivo, as medidas que podem ser criadas pela Sefin e Sepog visam a regularização dos valores já trânsito, caso existam.

Em setembro, o Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO) havia enviado termos de alertas pedindo que o estado tenha cautela quanto à extrapolação do teto de gastos públicos.

Em compromisso feito através do Programa de Ajuste Fiscal, o estado de Rondônia se comprometeu em respeitar a dívida consolidada; resultado primário, despesa com pessoal, receitas de arrecadação própria, gestão pública e disponibilidade de caixa.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais