Publicidade

Publicidade

Publicidade

Parceria entre governo de Rondônia e OAB dará mais transparência aos gastos públicos

0
Real Turismo

Porto Velho – O governo do estado de Rondônia e a seccional da Ordem dos Advogados do Brasil, OAB Rondônia irão assinar em conjunto um Termo de Cooperação, buscando proporcionar ainda mais transparência e informações relativas aos gastos públicos estaduais.

supel-370x251

A ideia, segundo o diretor executivo da Superintendência de Licitações (Supel), Francisco Netto, é abrir a superintendência quanto aos gastos públicos, tendo em vista que ambas as instituições têm o foco na transparência e na cidadania, buscou-se esta parceria para mostrar a sociedade como e de que forma são gastos os recursos públicos.

Este acordo será realizado em três frentes, informou Marcio Gabriel, superintendente da Supel. O primeiro será abrir os números que Supel dispõe quanto aos gastos públicos nas licitações, pois a OAB possui comissão temática própria que estuda isso. Com isso, a Supel vai, numa decisão inovadora e inédita, “abrir os dados quantitativos e qualitativos para que a OAB possa ser objeto de estudo e de difusão da transparência”.

A segunda frente será difundir o direito público direcionado às licitações, realizando em conjunto seminários, encontros, simpósios, buscando aproximar e capacitar o profissional do direito no contencioso de licitações e contratos. Será, explicou Francisco, a “difusão do direito público, das licitações em defesa da cidadania, aproximando o profissional do direito das licitações”.

Para que isso ocorra, entra a terceira vertente que é a disponibilização de um espaço dentro da Supel para uso da OAB, para assistência e suporte ao profissional da advocacia, que tem papel essencial na justiça, semelhante ao espaço que já possuem no Tribunal de Justiça, Ministério Público, Delegacia e Defensoria Pública.

Será uma sala com computador, impressora, livros e demais materiais necessários para o trabalho do profissional do direito. Esta é uma medida inovadora, assegurando ainda mais os direitos do acesso a defesa e a cidadania.

Para o presidente da OAB/RO, Andrey Cavalcante, este termo de cooperação irá proporcionar a efetiva transparência dos gastos públicos, sendo esta uma das missões da entidade, garantir o efetivo direito do acesso a informação, fazendo cumprir a legislação em vigor da Lei de acesso à Informação e da Transparência.

O presidente da Comissão de Fiscalização dos Gastos Públicos e Prestação de Serviços da Seccional, Reinaldo Rosa dos Santos, ressaltou que esta é uma proposta boa buscando a efetiva transparência e democratização das compras do estado, principalmente “levando em consideração que o controle dos gastos públicos está em evidência no país, mas precisamos deixar o mais objetivo possível para que a sociedade tenha mais interesse”.

O Termo de Cooperação ficou à cargo da Supel para elaboração e tão logo o documento esteja aprovado, será assinado entre as duas entidades em ato solene na sede da OAB/RO.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais