Publicidade

Publicidade

Detran realiza ação educativa e doa equipamentos de segurança no Dia Nacional do Ciclista

0
Real Turismo

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Rondônia tem desenvolvido ações de educação de trânsito objetivando a redução de acidentes e mortes no trânsito, os resultados são positivos, dados estatísticos comprovam isso. Na segunda-feira (19), data em que se comemora o Dia Nacional do Ciclista, a equipe da Diretoria Técnica de Educação de Trânsito (Dtet) do Detran começou as ações educativas logo cedo na Rua Raimundo Cantuária com Avenida Mamoré, zona leste de Porto Velho, com blitz educativa específica para ciclistas que, além de serem orientados, ainda receberam equipamentos de segurança.

O diretor geral do Detran, coronel Neil Aldrin Faria Gonzaga, participou da ação educativa e ressaltou a importância do trabalho, pois o Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito do Detran de Rondônia (Renaest) mostram uma redução gradativa no número de acidentes de trânsito envolvendo ciclistas sem vitima fatal no estado de Rondônia, mas o número de mortes de ciclistas em acidentes de trânsito aumentou, disse o diretor.

Dados do Renaest mostram redução de 61,1% no número de acidentes não fatais de trânsito envolvendo ciclistas no período de 2009 a 2017, caindo de 1.510 acidentes no estado para 587, mesmo havendo redução no número de acidentes, o número de ciclistas que perderam a vida em acidente de trânsito no período aumentou 31,3%, passando de 32 em 2010 para 42 em 2017.

O encanador José dos Santos Moraes, de 66 anos, e que utiliza a bicicleta há 35 anos como meio de transporte, elogiou a blitz educativa do Detran. “Fiquei surpreso e, ao mesmo tempo, feliz de saber que nós ciclistas fomos lembrados no nosso dia e ainda fomos agraciados com capacete, vou usar porque segurança nunca é demais”, disse destacando que nunca se envolveu em acidente de trânsito porque respeita as leis de trânsito e sempre pedala de forma consciente para evitar acidentes.

José Moraes disse que já fez muitos cursos de direção defensiva, pois já trabalhou como motorista e os ensinamentos da antiga profissão ele coloca em prática como usuário de bicicleta e aconselhou a todos os ciclistas que circulem pelas ruas e avenidas da cidade que façam o mesmo. Ele disse que não troca a bicicleta por outro meio de transporte, tendo em vista que a bike é econômica e lhe atende de forma eficiente principalmente no trabalho.

Jacob Nunes Menezes está desempregado e utiliza a bicicleta para se locomover em busca de uma nova recolocação no mercado de trabalho. “Além de economizar com transporte público, consigo chegar sempre no horário agendado, pois não existe atraso ou aquela história do ônibus não passar no horário previsto”, disse.

Cuidados que os ciclistas devem ter no trânsito

Alguns cuidados são fundamentais que os ciclistas transitarem com segurança no trânsito, pois a bicicleta é um veículo como todos os outros, sujeitos a regras básicas de circulação. O ciclista não deve andar na contramão, nem fazer conversão sem dar sem sinalizar (acenar) com a mão, nem furar sinal vermelho.

Alguns equipamentos de segurança são obrigatórios, como adesivos refletores na parte de frente, atrás, nas laterais e nos pedais da bicicleta. Existem equipamentos não obrigatórios para os ciclistas que podes evitar acidentes mais graves em caso de queda, como cotoveleira, joelheira e especialmente o capacete.

Outra recomendação dos técnicos em educação de trânsito do Detran Rondônia, é que não adianta a pessoa deixar o carro na garagem de casa e ir para o bar ingerir bebida alcóolica e depois sair pedalando pelas vias da cidade colocando a vida dele e de terceiros em risco, o objetivo do Detran é conscientizar o cidadão a evitar acidentes de trânsito e preservar a vida. No trânsito, os grandes veículos são responsáveis pela segurança dos mais frágeis e principalmente pelos ciclistas e pedestres.

por Secom
da Secom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais