Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
09
abr
2021

OU ENTREGA A RAPADURA OU ASSUME O COMANDO DE VEZ!

A presidente Dilma deixou de ler jornais. Não aguenta mais tanta pressão, via mídia. O ex presidente Lula volta ao olho do furacão, com novas denúncias que o envolveriam, inclusive em relação a conta no exterior. A Operação Lava Jato ainda vai longe. A inflação caiu de um mês para o outro, mas no ano, está acima de índices de 2002. A crise política se acentua, porque o PMDB acena com uma mão para apoiar a Presidente e com a outra já negocia com a oposição. O PT faz um ato público com o próprio Lula à frente (aquele que reunia multidões) e somente menos de 500 gatos pingados aparecem, a maioria gente que vive de algum tipo de recurso do partido ou de cargo público em governos petistas. A oposição, incompetente e sem vigor, falando uma linguagem alienígena em relação ao que quer o povo brasileiro, pode até chegar ao poder, mas não se sabe o que fará e muito menos como fará para mudar o quadro terrível a que estamos submetidos. A situação é daquelas em que qualquer resultado, por pior que seja, não pode ser descartado.

O que deve fazer nossa Presidente, então, para ao menos conseguir um pouco de descompressão? O primeiro ato teria que partir do governo. Ou a Presidente Dilma renuncia e entrega o poder ao PMDB ou assume de vez o comando, fazendo o que tem que ser feito. Primeiro, cortar na carne: cortar os  ministérios e os cargos comissionados pela metade, por exemplo. Acabar com programas sociais que atendem interesses eleitoreiros, mantendo apenas os que realmente protegem os mais pobres. Deveria, ainda, mandar pagar todas as obras públicas já realizadas e as em andamento, mostrando ao país que quer fazer o Brasil andar. E, mais que tudo, se desculpar com o país por ter mentido na campanha eleitoral. Daí sim, começar do zero. Não vai fazer, é claro. Mas deveria…

AR NO AEROPORTO

A coluna recebeu a seguinte correspondência da Infraero “a Infraero esclarece que o sistema de ar-condicionado do Aeroporto de Porto Velho está operando na ordem de 60% da sua capacidade. O Terminal está com um chiller desligado em virtude do seu compressor encontrar-se na fábrica da Carrier para manutenção. Cabe destacar que a cidade está sofrendo com uma onda de calor onde a sensação térmica passa dos 40 graus. A Infraero lamenta o transtorno causado aos passageiros, concessionários e usuários do Aeroporto Internacional de Porto Velho e destaca que já solicitou uma previsão da data do retorno do equipamento, ao preposto da Eletrocontrole”.

AMIGO DO BARAK

 

Depois de ter transferido sua visita no mês passado, chega a Rondônia nesta quinta, para passar pelo menos dois dias o ministro americano/brasileiro Mangabeira Unger. Chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos (???) do governo Dilma, ele vem a Rondônia para ver de perto como está o andando das questões que planejou (????), quando aqui esteve, como assessor especial do Governo. Professor de Harvard, Mangabeira chegou a ter entre seus alunos o presidente Barak Obama. E……???

TIRO NO PÉ

Incompetente é apelido. O líder do PT na Câmara, o acriano Sibá Machado, cada fez que abre a boca é para dizer ou fazer asneira. A última dele: propôs uma CPI dos Crimes da Internet. A oposição tomou conta da Comissão – a presidência será da rondoniense Mariana Carvalho – e vai investigar a fundo  o que? O uso ilegal da net dentro da estrutura do governo do PT para atacar adversários.  Vai investigar também o pagamento de milhões de reais para blogueiros defender o governo e atacar os adversários. O que estava pensando esse Sibá, antes de dar um tiro de grosso calibre no próprio pé?

SEGURANÇA ZERO

 

No espaço de menos de uma semana, dois eventos importantes deixaram claro a total falta de segurança no centro da Capital. No primeiro deles, um grupo de assaltantes atacou a agência do Banco Sicoob, na Carlos Gomes, a menos de 30 metros de uma Delegacia de Polícia. Os bandidos entraram e saíram, levando 100 mil reais, sem serem importunados. Nesta quarta, também no centro, um engenheiro da Prefeitura chegava ao trabalho e foi atacado quando saía do carro, em plena sete horas da manhã. Era um sequestro relâmpago. Nem na área e nem nas proximidades havia qualquer policial.

SALVADOR DA PÁTRIA

 Pobre do país que tem como uma espécie de salvador dentro da crise um nome como o de Renan Calheiros. Esse político, presidente do Senado, é a síntese da qualidade dos homens públicos brasileiros de ponta. Enrolado até o pescoço em denúncias sem fim, ele sempre se safou contando com o apoio dos companheiros de Congresso e dos parceiros de grana. Agora, aparece como o gênio que entregou nas mãos da Presidente Dilma, um pacote de sugestões que iriam tirar o Brasil da crise e salvar o governo. Infelizmente, é esse tipo de gente que elegemos. E é esse tipo de gente que decide sobre a vida dos brasileiros. Terrível!

 PERGUNTINHA

Quando o assunto renúncia volta ao noticiário, você lembra de uma das mais famosas da história do Brasil, a de Jânio Quadros, em 25 de agosto de 1961?

Fonte: Opinião De Primeira

Notícias Relacionadas