Publicidade

Publicidade

Duas pessoas desaparecem após avião sair de Rondônia com destino a Fortaleza

Sumiço ocorreu no dia 28 de abril, segundo a família de um dos ocupantes. FAB foi notificada dia 7 de maio e informou que apura o caso para possível operação de resgate.

0
Real Turismo

Duas pessoas estão desaparecidas há cerca de 12 dias depois de saírem em viagem em um avião de pequeno porte de Espigão D’Oeste (RO), município a pouco mais de 530 quilômetros de Porto Velho, com destino a Fortaleza (CE).

Um dos ocupantes da aeronave, Joerli Silvares Teixeira, de 34 anos, mora em Espigão. O outro desaparecido e piloto do avião foi identificado apenas como Júnior. Segundo a família de Joerli, ele reside em Fortaleza. O paradeiro dos dois é incerto desde o dia 28 de abril.

A família do acompanhante contou à Rede Amazônica nesta sexta-feira (10) por telefone que os dois saíram do município de Rondônia com previsão de abastecer a aeronave na cidade de Redenção, no Pará. A segunda e última parada seria na capital cearense.

Ao notarem a falta de contato de Joerli, os parentes resolveram dar início às buscas por conta própria. Alugaram um avião e sobrevoaram a região de Peixoto de Azevedo, localizado no Mato Grosso (MT), local onde a família diz ter sido o último contato feito pelos dois.

Por isso, o boletim de ocorrência de desaparecimento foi registrado na Polícia Civil do estado vizinho.

A esposa de Joerli contou à polícia que a última vez que conversou com o marido foi quando ele encaminhou fotos do voo. Nesse momento, os desaparecidos já viajavam por cerca de quatro horas.

Sem notícias, a família acionou a Força Aérea Brasileira (FAB) sobre o caso e disse que a FAB daria início às buscas no próximo sábado (11).

Em nota, a FAB informou ao G1 que o Salvaero Amazônico, unidade responsável pelas buscas na região, foi notificado do desaparecimento no último dia 7 de maio (veja íntegra abaixo).

Disse ainda que desde o momento que foi notificada, a Força Aérea tem feito levantamentos sobre os dados da aeronave e apurado a possível rota feita pelos desaparecidos “no intuito de estabelecer as novas fases da operação e de comunicar as autoridades responsáveis”.

Confira a nota da FAB sobre o desaparecimento do avião:

O Salvaero Amazônico, unidade da Força Aérea Brasileira responsável por coordenar buscas aéreas na região, foi notificado na terça-feira (07/05) sobre o desaparecimento da aeronave de prefixo PU-PPY.

Conforme estabelecido nas normas internacionais de busca e salvamento, o Salvaero realiza, desde a notificação do desaparecimento, levantamento de dados sobre a aeronave e a apuração sobre a possível trajetória da aeronave no intuito de estabelecer as novas fases da operação e de comunicar as autoridades responsáveis.

Atenciosamente,

Força Aérea Brasileira

por G1/RO
da G1/RO

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais