Publicidade

Publicidade

Publicidade

Em missão oficial na Bolívia, Jaqueline Cassol debate Revalida com estudantes e médicos brasileiros

Deputada defendeu mudanças na legislação e aplicação do exame também para profissionais formados no País

0
Real Turismo

A situação de milhares de estudantes de medicina e médicos formados no exterior foi um dos temas debatidos durante um Congresso Científico em Santa Cruz de La Sierra, nesta segunda-feira (21).

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP/RO) foi uma das convidadas para discutir a atual situação dos estudantes do estado de Rondônia que cursam medicina no país vizinho e, diante de uma plateia de estudantes, assumiu o compromisso de continuar lutando por mudança no atual sistema de revalidação dos diplomas.

A parlamentar foi convidada pela Universidad Cristiana da Bolívia (Ucebol) para participar do ato de inauguração do 34º Congresso Científico Internacional de Inovação e Atualização Tecnológica, que reuniu pelo menos 1.500 estudantes do Brasil e de outros países.

Médicos Brasileiros

Segundo dados da Ucebol, a Bolívia já recebeu, nos últimos anos, pelo menos 30 mil brasileiros para estudar medicina em diversas universidades daquele País. Desses estudantes, 12 mil vivem ou viveram na cidade de Santa Cruz de La Sierra, uma das mais importantes da região. Metade desses alunos brasileiros estudaram na Ucebol.

Em missão oficial, a deputada federal Jaqueline Cassol foi convidada para conhecer a estrutura física e pedagógica da Educação Superior em Medicina. Na oportunidade, a deputada falou com os estudantes sobre o andamento da Medida Provisória 890/19, no Congresso Nacional, que cria o Programa Médico pelo Brasil e a Revalidação de Diplomas Estrangeiros no Brasil (Revalida).

Ao debater o assunto com uma plateia de estudantes e pesquisadores, a parlamentar de Rondônia reafirmou seu compromisso de lutar pelos estudantes brasileiros. “Os médicos formados em outros países têm as mesmas qualidades dos demais. Eu defendo uma prova nos moldes da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e que seja aplicada para todos os formandos de fora e de dentro do Brasil, o que já ajudaria a resolver muitos problemas,” ressaltou a deputada que foi aplaudida pelos participantes do evento.

Outras centenas de estudantes de medicina, que estão em outros países, acompanharam a movimentação na Bolívia através das redes sociais, por onde manifestaram apoio ao evento. Muitos também usaram a internet para enviar mensagens de agradecimento à parlamentar. “Gostaria de mais uma vez agradecer sua presença e coragem de lutar a favor daqueles que vieram se graduar. Deus abençoe sua vida”, disse Elias Souza em mensagem no Instagram.

O Congresso Cientifico da Ucebol, em Santa Cruz, é organizado pela Federação Latinoamericana de Sociedades Científicas de Estudantes de Medicina (FELSOCEM) e vai até o dia 26 de outubro.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

A parlamentar @jaquelinecassol foi convidada pela Universidad Cristiana da Bolívia (Ucebol) para participar do ato de inauguração do 34º Congresso Científico Internacional de Inovação e Atualização Tecnológica, que reuniu pelo menos 1.500 estudantes do Brasil e de outros países. Médicos Brasileiros Segundo dados da Ucebol, a Bolívia já recebeu, nos últimos anos, pelo menos 30 mil brasileiros para estudar medicina em diversas universidades daquele País. Desses estudantes, 12 mil vivem ou viveram na cidade de Santa Cruz de La Sierra, uma das mais importantes da região. Metade desses alunos brasileiros estudaram na Ucebol. Veja matéria completa no site. Link na bio ou no stories.

Uma publicação compartilhada por Portal Espigão (@portalespigao) em

por Assessoria
da Assessoria

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais