Publicidade

Publicidade

Publicidade

Em RO, servidores da Justiça Federal entram em greve por reposição salarial

0
Real Turismo

Categoria reivindica aprovação do Projeto de Lei da Câmara 28 de 2015.
Se PLC não for aprovado, greve será retomada por tempo indeterminado.

008

Servidores da Justiça Federal de Rondônia cruzaram os braços por 48 horas para pedir reposição salarial e pedir a aprovação do Projeto de Lei da Câmara 28 de 2015, que trata do plano de cargos e salários da categoria. A paralisação teve início na terça-feira (2) e será encerrada nesta quarta-feira (3), mas os grevistas garantem que se as reivindicações não foram atendidas, a paralisação será fretomada por tempo indeterminado.

A greve de dois dias é nacional. Em Rondônia, cerca de 70% dos servidores estão em greve e apenas 30% cumprem os serviços essenciais, segundo o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal em Rondônia e Acre (Sindijufe).

O presidente do Sidijufe, Raimundo Torres, explicou que os servidores não buscam aumento ou reajuste e sim reposição salarial. Ele informou que a reivindicação já vem sendo apresentada ao longo de uma década e que o entrave das questões salariais impossibilita que a mão de obra seja renovada e qualificada no Judiciário federal.

Os trabalhadores também alegam que o principal objetivo da paralisação é apoiar a aprovação do PLC 28/2015, que revisa o plano de cargos e salários dos servidores do Judiciário Federal. O projeto deve ser votado no dia 10 de junho no plenário do Senado. Caso não seja aprovado, os trabalhadores prometem entrar em greve por tempo indeterminado.

Autor: G1 RO

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais