Publicidade

Publicidade

Casal é preso com quase 2 mil pedras de diamante em Vilhena, RO

BR 364 virou rota para tráfico de diamantes; outra apreensão foi feita em Comodoro

0
Real Turismo

Um casal foi preso com quase 2 mil pedras de diamante, na BR-364, em Vilhena (RO), a 700 quilômetros de Porto Velho. O caso foi registrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta sexta-feira (19). As pedras estavam escondidas na calcinha da mulher, de 41 anos.

De acordo com a PRF, a caminhonete foi parada em uma abordagem de rotina, no Km 01 da rodovia. Os suspeitos teriam saído de Porto Velho e seguiam para Foz do Iguaçu (PR). Ao solicitarem os documentos, os agentes perceberam que o motorista, de 65 anos, demonstrou nervosismo.

Além disso, o casal divergiu diversas vezes sobre os motivos da viagem. Os agentes realizaram revista na caminhonete e no motorista, mas não encontraram nenhuma irregularidade.

Casal foi levado para Polícia Federal — Foto: Eliete Marques/G1

Em seguida, os agentes informaram ao casal que solicitariam a presença de uma policial feminina, para revistar a mulher. Diante disso, a suspeita disse que não seria necessária a revista e revelou que estava com diamantes escondidos na calcinha.

A suspeita foi ao banheiro e entregou 1.930 pedras preciosas à polícia. Os diamantes estavam em três pequenos envelopes plásticos, envolvidos em papel e fita adesiva.

O casal contou à PRF que comprou os diamantes em Ji-Paraná (RO) pelo valor de R$ 300 mil. Eles ainda disseram que entregaram uma casa no negócio, mas não revelaram a identidade do vendedor.

O homem disse que mora em Porto Velho e trabalha como pedreiro. A mulher é fisioterapeuta e estuda medicina em Foz do Iguaçu. Ambos foram levados para a Polícia Federal (PF), onde estão sendo ouvidos.

por G1 e PRF
da G1 e PRF

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais