ENERGISA: Léo Moraes anuncia que irá requerer quebra de contrato no Congresso

De acordo com Léo Moraes a jornada não é fácil, uma vez que o jogo de interesse dentro do Congresso Nacional é pesado

0
Real Turismo

Nesta semana, o deputado federal  Léo Moraes (PODEMOS) deu início à uma mobilização na Câmara Federal que pretende requerer a quebra do contrato da Energisa junto ao Governo Federal em decorrência das diversas denuncias de práticas abusivas cometidas pela empresa nos estados onde atua dentro da Federação brasileira.

O deputado foi ao plenário com a camiseta que representa esse movimento em favor do cidadão. Com os dizeres “Energisa, energia negativa para Rondônia” a camiseta foi utilizada por outros congressistas que apoiam a causa.

“Já estudamos e iremos apresentar requerimento para a quebra do contrato da ENERGISA junto ao Governo Federal. Que concessão é essa que só existe benefício para a Concessionária?”, indagou Léo Moraes.

Uma ação conjunta com outros deputados federais que representam estados onde a energia detém o controle da distribuição de energia elétrica já está sendo articulada para que o projeto seja apreciado de forma efetiva no Congresso.

“Estou dialogando com parlamentares de estados onde a ENERGISA também tem maltratado a população para unirmos forças. O Brasil precisa se mobilizar contra todo abuso cometido contra a população”, disse Léo Moraes.

De acordo com Léo Moraes a jornada não é fácil, uma vez que o jogo de interesse dentro do Congresso Nacional é pesado e a própria Energisa conta com representantes políticos que entravam todas as demandas que chegam contra ela.

“Impressionante o lobby pesado que essas empresas fazem aqui dentro da Câmara Federal. Apresentei vários projetos pra coibir os abusos e os traidores se posicionam contrários às medidas. Isso é crime contra a nação”, finalizou Léo Moraes.

O deputado segue em Brasília onde promove encontro com os parlamentares interessados em integrar essa frente. Atualmente as ações da Energisa em Rondônia vem sendo a principal queixa do contribuinte.

Fonte: Rondoniaovivo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais