Publicidade

Publicidade

Equipes da regional do DER em Ji-Paraná trabalham simultaneamente na Linha 128, Anel Viário e RO-135

0
Real Turismo

Responsável por uma malha de cerca de 350 quilômetros de vias não pavimentadas e outros 94 quilômetros pavimentados, a 8ª Residência Regional do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) está atualmente trabalhando em duas frentes de serviço junto com a Usina de Asfalto do DER de Ji-Paraná.

A equipe de campo está executando a manutenção da Linha 128 e a equipe de asfalto está subdividida no trabalho de restauração do Anel Viário e operação tapa-buracos na RO-135. De acordo com o residente do DER em Ji-Paraná, engenheiro Carlos Morais, “a determinação do governador Marcos Rocha, desde o começo do ano, é para que tudo aconteça de forma integrada, planejada, com qualidade e eficiência”.

Com essa filosofia de trabalho, a 8ª RR já conseguiu em menos de quatro meses, após o fim do período de chuvas, fazer a reconformação de plataforma (patrolamento) de mais de 200 quilômetros de vias, com a eliminação com aterro e alteamento de pontos de atoleiro e alagamento, além da instalação de sete bueiros com tubos metálicos (três desses bueiros substituindo pontes de madeira), tudo isso nas ROs não pavimentadas.

A equipe destacada na Usina de Asfalto CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente), utilizando a técnica de recuperação com aplicação de solo-cimento, vem trabalhando a todo vapor. O engenheiro Klayson Furtado, que gerencia os trabalhos em Ji-Paraná, destaca que neste primeiro semestre de 2019 já foram executadas operações tapa-buraco em metade da malha viária pavimentada sob responsabilidade do DER.

“As ROs 133, 480, no trecho que leva ao distrito de Nova Colina e a RO-472, mais conhecida como Linha 94, já foram recuperadas, além de um trabalho emergencial feito em parceria com a Prefeitura de Ji-Paraná na recuperação de ruas e avenidas no centro do segundo distrito da cidade”, explica Klayson.

Desde a semana passada, as equipes do DER estão trabalhando na restauração do Anel Viário e na RO-135, que liga a cidade à BR-429, dando acesso ao Vale do Guaporé. Para garantir a segurança no tráfego cada vez mais intenso no Anel Viário de Ji-Paraná, o DER está executando a restauração de pontos deteriorados para concluir as obras na via e entregar oficialmente à população.

por Secom
da Secom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais