Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
13
jul
2020

Espigão do Oeste foi destaque no primeiro dia da Rondônia Rural Show

Espigão do Oeste através da cultura Pomerana, esteve representado hoje (24) no primeiro dia da 6ª edição da Rondônia Rural Show, em Ji-Paraná. Quatro casais fizeram a alegria do público presente, mostrando toda a alegria e tradição da cultura Pomerana.

Na oportunidade o Prefeito Nilton Caetano e o Vice Walter Lara, convidaram todos para participar nos dias 29 e 30 de julho da Festa Pomerana que irá acontecer em Espigão do Oeste. A expectativa é que se promova a cultura do Povo Pomerano de Espigão do Oeste.

Senador Acir Gurgacz

Apresentação da Cultura Pomerana

Secretário Evandro Padovani

O EVENTO

A 6ª edição da Rondônia Rural Show iniciou, nesta quarta-feira (24), em Ji-Paraná, com o entusiasmo que é comum ao agronegócio. Sob sol forte, produtores de variados segmentos, industriais, comerciantes, artesãos, pesquisadores, estudantes e operários nem perceberam que estavam vivenciando um momento especial. “Fazemos algo diferente, bonito e exemplar. Queremos mostrar que o Brasil pode começar por aqui”, definiu o governador Confúcio Moura sobre o evento.

A capital do agronegócio, como o município de Ji-Paraná é conhecido pelos seus moradores, recebe, durante a feira, representantes de diversos países, da indústria de equipamentos agrícolas, de sementes, defensivos agrícolas, de eletrificação rural, enfim, de tudo o que se relaciona com o homem do campo.

Pelos quase 600 estandes estão expostos produtos  que interessam ao agropecuarista, por exemplo, além de técnicas que potencializam a produção ou que acrescentam qualidade.

Cercado por jornalistas, visitantes e parlamentares da região, Confúcio Moura disse que a Rondônia Rural Show é uma festa de negócios, inspiradora e de aprendizado.

O governador convidou a população a conhecer a feira, mas remendou: “tragam água e se preparem para andar muito. Quem vier aqui vai sair diferente.”

Confúcio confessou que ao idealizar a feira, seis anos atrás, teve medo que o resultado não fosse o esperado. “Achei que não haveria ninguém para prestigiar. Hoje, não há espaço vazio”, comemorou.

Com uma grande comitiva, em que estavam secretários, visitantes, empreendedores, parlamentares e técnicos, o governador percorreu de carro os caminhos da carne, leite, café e peixe, área que é uma extensa vitrine tecnológica, com soluções inovadoras que interessam aos produtores rurais.

Ele também visitou o estande do Banco da Amazônia, onde conversou com o presidente Marinaldo Melo e o superintendente regional Wilson Evaristo. Assistiu também a uma explicação sobre a Rota do FNO (Fundo Constitucional do Norte), que passa a ser mais acessível e ágil para financiamentos aos produtores rurais, conforme política pública do governo do estado.

A extensa programação da feira prossegue com palestras técnicas em vários ambientes diariamente.

 

Notícias Relacionadas