Publicidade

Publicidade

Expedito diz que Prefeito conduz mau a saúde na Capital

Hildon Chaves, está indo por um caminho sem volta…

0
Real Turismo

A diretoria do Conselho Estadual de Saúde de Rondônia – CES/RO, realizou na manhã desta terça-feira (16), a centésima vigésima sétima reunião extraordinária com o intuito de ouvir a apresentação do plano de governo dos candidatos eleitos ao 2° segundo turno, para a área da saúde.

Na ocasião o Presidente do Conselho, Raimundo Nonato, deu as boas vindas ao público presente e ao colegiado, e em seguida passou a palavra para Expedito Júnior, candidato ao Governo de Rondônia, o qual apresentou suas propostas para a área da saúde, se for eleito.

Em sua fala, o candidato se mostrou aberto para conversar com servidores técnicos e debater qual a melhor forma de destravar e fazer a saúde andar no estado. “Nós queremos reunir uma equipe técnica da área para debater sobre a melhoria da saúde no estado, e somente ouvindo esses profissionais é que podemos fazer melhor”, disse Expedito.

O Presidente do Conselho Estadual de Saúde, Raimundo Nonato, esteve presente e falou da dificuldade que o conselho enfrenta em relação às organizações sociais e a organização da sociedade civil em ter parcerias e convênios com todos os níveis de governo e órgãos públicos, seja ele federal, estadual ou municipal. Em seguida Expedito comentou que vai sim fortalecer a área da saúde e que o prefeito da capital, Hildon Chaves, está indo por um caminho sem volta, um caminho errado, o certo, segundo ele, é sentar com os servidores e colegas da casa, tendo em vista que para o candidato, governo e prefeitura tem que trabalhar juntos.

O atual secretário da saúde em Rondônia, Luis Eduardo Maiorquim, também esteve presente na reunião e argumentou que a proposta do candidato deve ser compatível com o que a sociedade entenda como aceitável. “Hoje não se faz saúde pública com capacidade técnica, dedicação ou formatação de equipe, hoje se faz saúde pública com recursos financeiros”.

O candidato a governo, Coronel Marcos Rocha do PSL, não esteve presente na reunião convocada pelo Conselho de Saúde. Segundo a assessoria do partido, o mesmo estaria cumprindo agenda no interior do estado.

por diariodaamazonia
da diariodaamazonia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais