Publicidade

Publicidade

Publicidade

Expovale, em Ariquemes, destaca a força da piscicultura na região do Vale do Jamari

0
Real Turismo

O governador Daniel Pereira ainda como vice esteve empenhado nos últimos anos em mostrar a qualidade da piscicultura de Rondônia para o Brasil e para o restante do mundo e no domingo (6) quando esteve no encerramento da Exposição de Piscicultura, Agronegócio e Agroindústrias do Vale do Jamari (Expovale) ressaltou que o setor recebeu uma atenção especial na gestão que fez ao lado de Confúcio Moura. ‘‘Se tem alguém que precisa ser homenageado aqui é o dr. Confúcio Ayres Moura que trabalhou para hoje Rondônia ser destaque nacional na piscicultura’’, considera.

Rondônia lidera a produção de peixe em água doce. Em 2017 chegou a cerca de 90 mil toneladas e a meta é alcançar 250 mil toneladas a partir deste ano. ‘‘Esse é um processo que iniciou como dr. Confúcio Moura quando ainda era prefeito aqui em Ariquemes e começou a incentivar a piscicultura e depois como governador ele fez a produção aumentar nos últimos sete anos mais de 800%. Um crescimento com construção coletiva que envolve o prefeituras, câmara de vereadores governo estadual e federal, deputados estaduais; bancada federal e todo setor produtivo’’, garante o governador.

No Vale do Jamari, onde acontece a Expovale, a piscicultura, segundo o vice-presidente da Associação dos Criadores de Peixe de Ariquemes e Região (Acripar), Edson Sápiras, representa cerca de 40% da produção do Estado com concentração maior em Ariquemes, conhecida como capital do Tambaqui. E é no município que está localizada também uma das empresas de maior expressão do setor do Estado. Em visita ao estande da Zaltana Pescados, o governador falou da satisfação em ver os negócios locais como esse completando o ciclo de produção em um Estado que historicamente era conhecido por exportar apenas produtos in natura.

‘‘A Zaltana atingiu o ponto máximo que é o processo de produção, indústria e comercialização, um ciclo completo. E nós estivemos o prazer de estar com a Zaltana em Brasília em 2016, em São Paulo e no Peru em 2017 e agora em 2018 eles atravessaram o oceano e foram a África junto com a gente. Hoje a marca da produção da piscicultura de Rondônia é conhecida através da Zaltana em boa parte do mundo. É um trabalho que vai expandir e vamos colher bons frutos dessa iniciativa’’, afirma o governador.

Daniel percorreu a feira que recebeu cerca de 50 mil pessoas entre os dias 3 e 6 deste mês e foi montada em uma das avenidas principais de Ariquemes. Conheceu a diversidade de produtos expostos desde inovações para a piscicultura ao artesanato. Outro estande visitado pelo governador foi de uma nova tecnologia para a piscicultura apresentado pelo extensionista rural da Emater Vinicius Pedroti.

‘‘Construímos um tanque com lona geomembrana para impermeabilizar o solo e que permite uma maior produtividade com o uso da aero ação. Com a quantidade de oxigênio disponibilizado pelo equipamento você pode fazer um ajuste da quantidade de peixe a ser cultivado. Com os devidos cuidados, a produção pode até dobrar. É uma tecnologia que está sendo implementada em Rondônia e nós estamos buscando levar mais informações para o homem do campo’’, conta o extensionista.

Além das tecnologias, uma das grandes sensações da feira foi a gastronomia local. De acordo com o presidente da Lions Canaã, André Rossetto, 3 mil bandas de tambaqui assadas foram vendidas por um valor simbólico de R$ 10 cada e todo o recurso arrecadado será revestido para uma ação social da Lions Canaã que é oferecer consultas oftalmológicas a população mais carente.

‘‘O tambaqui é muito produzido na região de Ariquemes. Toda a produção que trouxemos para a feira é do Vale do Jamary e nós estamos aqui para divulgar os produtos regionais. Essa feira superou nossas expectativas porque sabemos que o agronegócio é muito importante para nossa região e o governador presente na feira e apoiando para nós é muito gratificante’’, destaca André.

‘‘A Expovale tem como objetivo fomentar a economia do Vale do Jamari e especialmente a piscicultura. Nesta segunda edição da feira estamos agradecidos pela parceria com o governo do Estado e de todas as secretarias estaduais aqui presentes que nos permite estar atendendo todas as demandas desse que é a mola mestra do Brasil, o setor produtivo. Tivemos mais de 200 expositores, 36 agroindústrias e ainda palestras e rodadas de negócios’’,afirma o presidente da Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (ACIA), Francisco Hidalgo Farina.

‘‘Trouxemos tanto o pescado como o agronegócio e os lojistas e esse ano foi excepcional. Estamos satisfeitos com os negócios ocorridos aqui desde a rodada de negócios do pescado ao comércio. A maioria até encerrou as atividades antes do fim da feira porque venderam toda a produção. Isso é muito bom para o nosso município que cresce junto com o produtor rural que hoje é o que segura nosso país e a economia do nosso estado vem também da agricultura e nós temos que apoiar’’, afirma o vice-presidente da Acripar.

‘‘Quero parabenizar a associação comercial e a prefeitura de Ariquemes que em conjunto com o governo de estado com os nossos diversos órgãos como Sedam, Emater e Sepog promoveram um evento tão maravilhoso como esse em Ariquemes. A cerca de 20 dias da Rondônia Rural Show podemos dizer que esse foi um aperitivo do que teremos no Estado’’, disse o governador.

por Secom Governo
da Secom Governo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais