Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
03
jul
2020

Fapero fará live em rede social para explicar à população sobre sua função no Estado de Rondônia

A Fundação Rondônia de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa do Estado de Rondônia (Fapero), realiza na quinta-feira (28), às 19h30, uma live com o objetivo de tornar claro para a população sobre a função que exerce, explicando a missão de induzir a pesquisa e a inovação tecnológica do estado de Rondônia.

A live contará com a participação do presidente da Fapero, Leandro Soares Moreira Dill, e o diretor científico da Fapero, Andreimar Soares.”Esta iniciativa da Fapero está alinhada com as diretrizes do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e busca popularizar a ciência e tecnologia e promover a divulgação científica. Desta forma, o governo de Rondônia contribui para a promoção e apropriação do conhecimento científico e tecnológico pela população em geral, possibilitando o empoderamento e efetiva participação da sociedade do progresso científico estadual”, explica o presidente.

Todos os interessados a conhecer mais sobre a Fundação, podem acessar a página oficial do Facebook da Fapero.

PARTICIPANTES

O presidente da Fapero, Leandro Soares, possui graduação em Licenciatura Química (2006), pela Universidade Federal de Rondônia (Unir), mestrado em Biologia Experimental (2009), pela Unir, e doutorado pelo programa de pós-graduação em Biologia Experimental da Unir (2014). Tem experiência na área de química, nas linhas de pesquisa de biotecnologia, bioquímica, química orgânica e química dos produtos naturais. Entre 2016 e 2018 atuou como diretor de Inovação e Transferência de Tecnologia na Fapero e atualmente está como presidente.

O diretor cientifico da Fapero, Andreimar Soares, é graduado em Ciências Biológicas (1994) pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU-MG), mestrado e doutorado em Ciências Biológicas (Bioquímica, 1997 e 2000) pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP). Atualmente, atua como especialista em Saúde Pública, na área de Biotecnologia, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-RO) e diretor do Departamento de Apoio à Pesquisa e de Formação de Recursos Humanos em Ciência e Tecnologia da Fapero.

CRIAÇÃO

É uma Fundação de direito público, com autonomia administrativa financeira, compondo a administração indireta do Poder Executivo. A Fapero foi criada pela Lei nº 2.528 de 25 de Julho de 2011. A Fundação Rondônia prevista no art. 201 da Constituição Estadual, de acordo com o disposto no §5º do Artigo 218 da Constituição Federal de 1988, é a penúltima Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP’s) a ser criada no Brasil.

As FAP’s são responsáveis pela implantação de uma importante parcela da política de apoio à Ciência e Tecnologia no país. A Fundação Rondônia, assim como as demais, visa promover o desenvolvimento científico e tecnológico através do fomento à ciência, tecnologia e inovação.

Fonte: Governo de Rondônia

Notícias Relacionadas