Publicidade

Publicidade

Fruticultor de Ji-Paraná deve aumentar a produtividade após correção do solo com calcário doado pelo governo estadual

0
Real Turismo

José Sabino Neto vive da fruticultura cultivada na chácara localizada na Linha 8 do Setor Itapirema, em Ji-Paraná. Ele deve receber na terça-feira (24) duas toneladas e meia das 1250 toneladas do insumo que o governador coronel Marcos Rocha entregou ao prefeito de Ji-Paraná Marcito Pinto na tarde de quarta-feira (18), numa ação governamental de fomento ao crescimento do setor produtivo em todo o estado por meio do programa Mais Calcário.

“Com o solo corrigido, não tenho dúvida de que a produção de cupuaçu e de jabuticaba vai crescer. Consequentemente, vou ganhar mais dinheiro. Agradeço ao governador pelo estímulo, aos técnicos da Emater que colheram amostras do solo para a realização da análise e à prefeitura que vai colocar o calcário dentro da propriedade sem custo algum”, disse o fruticultor, conhecido como Totó, na região em que vive.

O calcário é essencial para a correção da acidez do solo e é um potencializador do fertilizante nas lavouras. Após a aplicação correta do insumo e o PH do solo corrigido, aumenta a produtividade e evita-se mais derrubadas para abertura de novos campos agrícolas.

O governo estadual vem estimulando o crescimento do setor produtivo em todo o estado ao entregar gratuitamente o insumo de excelente qualidade nas prefeituras, que por sua vez, entrega diretamente aos interessados cadastrados.

É beneficiado com o produto, o pequeno produtor rural que se enquadra no programa Mais Calcário, da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri). O calcário é de domínio do governo e extraído na usina Félix Fleury, localizada em Espigão do Oeste.

Na solenidade oficial de entrega de parte da carga destinada a Ji-Paraná, o governador Marcos Rocha destacou o compromisso em gerir o governo para o benefício de toda a população focado no desenvolvimento socioeconômico.

“O calcário é uma dessas ações, assim como a manutenção das estradas garantindo a escoação da produção. A Companhia de Mineração de Rondônia, que administra a usina de calcário, está com novo diretor que vai imprimir um ritmo de trabalho tornando a empresa superavitária”, declarou o governador.

O prefeito Marcito Pinto entende que a ação de governo é essencial para o aquecimento do setor produtivo. “É a somatória de interesses ao bem comum. O insumo nos é fornecido pelo governo e nós fazemos a distribuição ao homem do campo. Tudo se converte a um único objetivo: fortalecer a produtividade e a aquecer a economia”, frisou Marcito Pinto, ao agradecer o recebimento do produto e a parceria selada com o governo.

O secretário de Agricultura de Ji-Paraná, Reinaldo Pereira Andrade, disse que a carga do calcário é um presente do governador. “Nossa responsabilidade agora é entregar aos agricultores, cooperativas e associações cadastrados.”

Também participaram do ato da entrega do calcário em Ji-Paraná, os deputados estaduais Laerte Gomes, presidente da Assembleia Legislativa, e Jhony Paixão. O Poder legislativo local foi representado pelo presidente, vereador Affonso Cândido e pelo vereador Lourenil. Secretários estaduais e municipais também registraram presença na solenidade.

por Secom
da Secom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais