Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
02
ago
2020

Garota de programa é agredida por homem com soco em RO e tem dente quebrado

Crime ocorreu na madrugada desta terça-feira (23), em Porto Velho. PM aponta que agressão ocorreu após vítima pedir R$ 20 pelo programa e o suspeito, que foi preso, alegar pagar metade.

Uma garota de programa, de 55 anos, foi agredida por um homem com um soco no nariz na madrugada desta terça-feira (23), em Porto Velho. O crime, registrado como lesão corporal, ocorreu em um dormitório da cidade. Segundo a Polícia Militar (PM), as agressões começaram após a vítima pedir R$ 20 pelo programa, enquanto o suspeito, de 55 anos, alegar que pagaria R$ 10 justificando que não houve relação. Ele foi preso.

A mulher teve um dente quebrado e um ferimento no joelho esquerdo. Em meio as agressões, o homem a jogou no chão e a arrastou.

Uma guarnição na PM foi acionada para atender a ocorrência por volta das 3h. A vítima estava na base de policiamento da rodoviária da cidade.

Conforme o registro policial, a mulher contou que foi contratada pelo homem e se deslocou com ele até o local onde as agressões aconteceram. Em depoimento, informou também que foi impedida de entrar no estabelecimento pela recepcionista, que explicou que eram normas do dormitório.

Na sequência, a vítima e o homem deram início a uma discussão, pois ela teria dito que cobraria R$ 20 pelo programa. Entretanto, o suspeito alegou que pagaria metade do preço, já que ela não pôde entrar no local e, com isso, não teriam relações sexuais.

O homem, então, agrediu a mulher com um soco no nariz, a derrubou no chão e, em seguida, a arrastou. Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, a garota de programa apresentava um inchaço no lábio superior e teve ainda um dente quebrado. Ela também sofreu um ferimento no joelho esquerdo.

Após a abordagem, o suspeito foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes da capital. Os policiais que atenderam o chamado informaram também que o homem estava em “estado de embriaguez”. A vítima foi levada ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo de delito.

Notícias Relacionadas