Publicidade

Real Turismo

Governo de Rondônia assina Termo de Cooperação do Projeto Rondon para a Operação Teixeirão II

0
Real Turismo

Na próxima terça-feira (10), às 10h, o Governo do Estado junto com o Ministério da Defesa e nove prefeituras do interior de Rondônia assinam o Termo de Cooperação do Projeto Rondon – Operação Teixeirão II. Serão beneficiados com o projeto federal os municípios de Alto Alegre dos Parecis, Campo Novo, Costa Marques, Governador Jorge Teixeira, Novo Horizonte, Presidente Médici, Urupá, São Francisco e Theobroma. A cerimônia será no auditório Jerônimo Santana, no 9º andar do edifício Pacaás Novos, Palácio Rio Madeira.

A segunda operação vai envolver 250 acadêmicos de instituições de ensino superior de Rondônia, que irão conhecer e vivenciar a realidade das comunidades em uma missão de 10 dias, experiência prevista para acontecer no período de férias letivas, de 2 a 19 de julho de 2020. Os estudantes serão divididos em 10 grupos, cada um com oito alunos e dois professores.

“É importante enfatizar que esta segunda operação só irá acontecer porque o governador Marcos Rocha abraçou o projeto e fez um pedido pessoal ao Ministério da Defesa para que a operação tivesse essa segunda edição no próximo ano”, revela o coordenador regional do Projeto Rondon no estado, major Clodomar Rodrigues.

As instituições serão selecionadas por edital, formando as equipes de universitários e professores para participar da operação. O projeto propõe integração social dos jovens voluntários e os municípios, buscando soluções sustentáveis de desenvolvimento e bem estar para comunidades carentes. O envolvimento dos acadêmicos gera crescimento enquanto cidadãos, consolidação do senso de responsabilidade social, estila a criação de projetos e a troca de conhecimentos.

“A instituição monta um projeto com base no que o município precisa, sejam dinâmicas, mini cursos, palestras, tudo voltado para a sustentabilidade, para capacidade de trabalho, enfim. O governo se responsabiliza pelo transporte, a prefeitura por sua vez dá a alimentação e hospedagem. O edital será feito pelo Ministério da Defesa, bem como a seleção. A participação das universidades é fundamental para que o projeto aconteça”, conclui o coordenador.

O Major Rodrigues acrescenta ainda que o foco do Projeto Rondon são os acadêmicos. “A ideia é tirar esses estudantes daquela ‘caixinha’ da sala de aula, e fazer com que ele enxergue outra realidade”. Entre as autoridades de Rondônia presentes, o Ministério da Defesa será representado pelo coronel Antônio Silano de Paula Filho – gerente do Projeto Rondon, e o vice-almirante Luiz Octávio Barros Coutinho – coordenador geral do Projeto Rondon.

da Governo de Rondônia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais