Publicidade

Publicidade

Governo de Rondônia mobiliza professores da alfabetização para adquirir mais conhecimentos em Porto Velho

0
Real Turismo

O governo de Rondônia realiza de 25 a 26 de setembro, em Porto Velho, o 1° Seminário “O Desafio da Proficiência em Leitura e Escrita e Matemática”, com o objetivo de promover a capacitação dos professores alfabetizadores, coordenadores e técnicos pedagógicos envolvidos no processo de ensino e aprendizagem dos estudantes de 1° e 2° ano do ensino fundamental regular das escolas estaduais do Estado.

O seminário faz parte do Programa Mais Alfabetização, instituído pela portaria do MEC ° 142/2018 que tem como foco tornar mais eficiente o processo de alfabetização, tanto na língua portuguesa como na matemática, para os alunos matriculados no primeiro e no segundo ano do ensino fundamental, além de reduzir e prevenir o abandono precoce da sala de aula.

De acordo com a coordenação do evento, atualmente Rondônia possui um total de 49 unidades escolares que fizeram adesão do programa para o ano de 2019, e neste primeiro seminário 132 professores da rede estadual estão participando da capacitação, com o objetivo de adquirir mais técnicas e conhecimento para por em prática na sala de aula com os alunos da alfabetização.

A coordenação informou ainda que entre as técnicas discutidas no seminário está a Neuropsicológica, a qual vai tratar a funcionalidade do cérebro no processo de aprendizagem do aluno. Segundo a coordenação é importante que o professor tenha conhecimento destas técnicas para melhorar o ensino aos alunos que estão sendo alfabetizados no Estado.

Para a neuropsicolaga Maria Ivanildes Azevedo, quando o professor recebe as crianças nas escolas, muitas delas chegam com alguma dificuldade ou distúrbios, e o professor precisa ter um olhar acolhedor, inclusivo e compreensivo com estas crianças. “Às vezes a criança não sabe o que se passa na sua cabeça e não tem muita noção das suas limitações, e cabe ao professor observar para atuar melhor com seu trabalho, gerando resultados positivos na alfabetização deste aluno”, disse Ivanildes.

A professora Crisólita Santos disse que tudo o que acontece com as crianças na primeira infância é levada pra vida toda, inclusive no que diz respeito à educação. “Se nós, professores, melhorarmos ainda mais nossos conhecimento e percebermos a real situação e dificuldade de cada aluno, poderemos trabalhar melhor as técnicas educacionais. Com isso, teremos alunos melhor alfabetizados e, consequentemente, uma sociedade melhor instruída”, pontuou a professora.

A coordenação do Seminário informou que o governo de Rondônia não mede esforços para atender as demandas educacionais no Estado, e sabendo da importância do professor, tem se empenhado para melhorar os índices de todos os seguimentos. “A alfabetização é à base de todas as modalidades, e por isso o governador Marcos Rocha tem se empenhado muito para oferecer formação a todos os profissionais envolvidos no processo de ensino e aprendizagem”, disse a professora Cacilda Pereira da Hora.

por Secom
da Secom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. AceitarVeja Mais