Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
17
jan
2021

Governo descentraliza entrega de medicamentos de alto custo à pessoa carente da região de Ji-Paraná

Pessoas carentes que dependem de remédio de alto custo doado pelo Governo de Rondônia vão poder retirá-lo no próprio município. A descentralização foi aprovada pela Comissão Intergestores dos secretários municipais de saúde vinculados à 1ª Gerência Regional de Saúde (1ª GRS), em Ji-Paraná.

Na reunião mensal do colegiado, realizada na última segunda-feira (1), no município, os representantes de 16 cidades aprovaram por unanimidade a nova maneira para a entrega dos medicamentos aos beneficiados pelo Governo Estadual. O pacto celebrado passa a vigorar a partir de 1º de fevereiro de 2021.

Atualmente, para retirar o medicamento de alto custo, o beneficiado precisa se deslocar até a farmácia

instalada na sede da repartição regional da Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) em Ji-Paraná. Pela pactuação, os beneficiados vão receber os remédios na farmácia pública de cada cidade.

O gerente regional de saúde, Ivo da Silva, explica que os medicamentos vão continuar sendo descarregados em Ji-Paraná e ficarão disponíveis para que cada município faça a retirada dos volumes e a distribuição diretamente aos beneficiados. “Esse formato agiliza o atendimento a quem necessita do medicamento”, ressaltou Ivo da Silva.

“A entrega dos remédios na própria cidade vai facilitar para todos, especialmente às pessoas que precisam deste tipo de ajuda do Governo”, disse a representante de São Miguel do Guaporé, Nilceia Vaz.

“Essa notícia de que vou pegar os remédios todos os meses lá mesmo em Ouro Preto é maravilhosa. Os medicamentos são muito caros e se não tivesse essa ajuda do Governo não sei como ia lidar com a situação”, comemorou Conceição Basílio de Oliveira que vai buscar em I-Paraná a medicação do marido.

Pelo programa do Governo Estadual, o procedimento para ser beneficiado com o medicamento de alto custo é simples. Mediante o receituário e munido de documentação pessoal, o candidato ao ingressar no programa deve procurar a 1ª GRS para formalizar o processo. O órgão está instalado na rua Júlio Guerra, 370, no centro, de Ji-Paraná.

Fonte: Governo de Rondônia

Notícias Relacionadas